Acesso ao principal conteúdo
França

França: Novo confinamento à vista?

Emmanuel Macron, Presidente francês.
Emmanuel Macron, Presidente francês. © REUTERS - POOL
Texto por: Marco Martins
3 min

O Presidente francês, Emmanuel Macron, vai falar à Nação francesa nesta quarta-feira 28 de Outubro pelas 20h, hora local, e vai anunciar novas restrições para conter a propagação da Covid-19.

Publicidade

Dia decisivo em França na luta contra a propagação da pandemia de Covid-19. Um dia depois do número de mortos ter ascendido a 523 em 24h em território francês, o Presidente Emmanuel Macron vai anunciar novas medidas.

Confinamento total, uma opção?

Emmanuel Macron, presidente dos franceses, em cada intervenção, sempre afirmou que um novo confinamento total e global em França seria impensável.

No entanto na terça como na quarta-feira, o Governo tem-se reunido com as diferentes forças políticas e com o conselho de defesa, isto para definir a melhor estratégia para lutar contra a pandemia de Covid-19 que já causou a morte de 35 541 pessoas.

O Presidente Emmanuel Macron tinha recentemente afirmado que entre o recolher obrigatório e um confinamento total havia várias medidas que poderiam ser tomadas, reforçando que um confinamento total e nacional não seria uma boa solução, visto que as regiões, as cidades, a própria propagação da pandemia não era igual em todos os territórios. A resposta será conhecida esta noite.

Três opções à vista

Os diferentes meios de comunicação franceses afirmaram durante toda o dia de terça-feira que três cenários são possíveis para o Executivo.

O primeiro seria um alargamento do recolher obrigatório que não seria das 21h até às 6h da manhã do dia seguinte, mas começaria pelas 17h ou 19h.

A segunda hipótese seria um confinamento parcial em que os franceses seriam proibidos de sair durante o fim-de-semana apenas, com a continuidade ou não do recolher obrigatório durante a semana de segunda a sexta-feira.

A terceira e última solução para Emmanuel Macron seria um confinamento total que poderia ter uma duração de uma, duas ou até quatro semanas. Neste derradeiro cenário também não se sabe ao certo se seria nacional ou apenas nas zonas onde o alerta máximo está em vigor.

A intervenção do Presidente francês vai ocorrer às 20h, hora local, e vai ser acompanhada por novas medidas, eis o que foi anunciado sobre esse discurso.

De referir que nas últimas 24h houve um aumento de mais de 33 mil casos positivos e de 523 mortos. Desde 22 de Abril que o número de vítimas mortais não tinha atingido um nível tão alto, sendo que na altura tinham falecido 543 pessoas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.