Acesso ao principal conteúdo
Black Friday

França adia Black Friday para 4 de Dezembro

França adia Black Friday para 4 de Dezembro
França adia Black Friday para 4 de Dezembro © AFP
3 min

A Black Friday em França prevista para o dia 27 de Novembro, terá lugar a 4 de Dezembro. Esta tarde, foi fechado o acordo para adiar a Black Friday por todos os grandes actores do sector e o ministério da Economia. O adiamento deverá permitir a reabertura progressiva dos comércios “não-essenciais” no fim-de-semana de 28-29 de Novembro.

Publicidade

Está confirmado, a Black Friday em França prevista para o dia 27 de Novembro, terá lugar a 4 de Dezembro. O ministro da Economia, Bruno Le Maire, pediu e todas as federações da grande distribuição, comércio e da venda online aceitaram. Já ontem a Amazon, o gigante das vendas online, tinha dado luz verde à alteração de calendário.

Em declarações à televisão TF1, o director-geral da Amazon França, Frédéric Duval, mostrou-se disponível para o ajuste, com a condição de que os comércios fechados pelo confinamento imposto para combater e progressão da covid-19, possam abrir antes do dia 01 de Dezembro.

Esta tarde, foi fechado o acordo para adiar a Black Friday por todos os grandes actores do sector. O adiamento permitirá a reabertura progressiva dos comércios “não-essenciais” no fim-de-semana de 28-29 de Novembro.

Este acordo unânime foi fechado tendo em vista a reabertura, brevemente, dos comércios em condições de segurança sanitária reforçadas”, pode ler-se num comunicado emitido no final do encontro entre Bruno Le Maire e os representantes do sector.

Entretanto, esta manhã, o ministro da Saúde, Olivier Véran, aprovou o novo protocolo sanitário para a reabertura dos comércios que passa pela previsão de 8m2 por cliente, controlo de entradas em superfícies superiores a 400m2, gel hidra-alcoólico à entrada, marcações no solo, instalação de protecções acrílicas, ventilação periódica, deslocações com marcações sempre que possível, horários de abertura alargados, possibilidade de abertura ao domingo e apelos à instalação da aplicação ‘Tous Anti-Covid’.

A palavra final, mesmo assim, cabe ao presidente francês Emmanuel Marcon que já tem encontro marcado com a população na próxima terça-feira, pelas 20h, para detalhar as etapas que se seguem na estratégia governamental de luta contra o coronavírus.

Os comércios considerados “não essenciais” estão fechados, em França, desde 30 de Outubro, no quadro de um novo confinamento nacional previsto até ao dia 1 de Dezembro.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.