França/sociedade

França homenageia polícia morto em Avignon; suspeitos detidos

No dia 9  de Maio de 2021, agentes  da  polícia  e  civis  recolheram-se  diante  de uma esquadra  de polícia  em Avignon, no sudeste  da França, em memória de  Eric Masson, brigadeiro  da polícia assassinado no decurso de um controlo, numa zona da cidade, conhecida como ponto de venda de estupefacientes. Na terça-feira, dia 11  de Maio, sob a égide do Primeiro-ministro Jean-Castex, as autoridades francesas prestaram homenagem  ao polícia morto
No dia 9 de Maio de 2021, agentes da polícia e civis recolheram-se diante de uma esquadra de polícia em Avignon, no sudeste da França, em memória de Eric Masson, brigadeiro da polícia assassinado no decurso de um controlo, numa zona da cidade, conhecida como ponto de venda de estupefacientes. Na terça-feira, dia 11 de Maio, sob a égide do Primeiro-ministro Jean-Castex, as autoridades francesas prestaram homenagem ao polícia morto AP - Daniel Cole

A França prestou homenagem em Avignon, sudeste do país, a um polícia abatido há quase uma semana por um alegado traficante de droga. As  autoridades francesas prenderam dois jovens, suspeitos de estarem i!mplicados na morte do agente. Ambos possuem cadastro e vão comparecer imediatamente diante dos juízes.

Publicidade

Segundo os investigadores da polícia , os suspeitos de estarem  envolvidos no assassínio de Eric Masson, brigadeiro da Polícia a 5 de Maio em Avignon, no sudeste da França , já  foram condenados várias vezes por outros actos de delinquência.

Agora sob custódia da polícia, os dois jovens, de 19 e 20 anos de idade, negaram, segunda-feira, no decurso dos interrogatórios, serem os autores do assassínio do brigadeiro, ocorrido durante um controlo policial de rotina.

O advogado  Louis-Alain Lemaire afirmou que, o presumível atirador do disparo, que atingiu fatalmente  o agente da  polícia, disse que não deseja pagar pelo o que não fez.    

De acordo com fontes policiais, os  dois suspeitos  foram interceptados domingo à noite na portagem de Remoulins, a vinte quilómetros de Avignon, e  tencionavam fugir para Espanha. 

Uma soma de dois mil euros foi encontrada pelos investigadores, durante as  buscas efectuadas na viatura com a qual os dois jovens pretendiam escapar para a vizinha Espanha.

As  autoridades francesas sob a incumbência do Primeiro-ministro Jean Castex decidiram, na  terça-feira  dia 11  de Maio, prestar homenagem  ao brigadeiro Eric Masson.

Com 36 anos de idade, Masson fazia parte do grupo de intervenção policial, em actividade nos  distritos de Vaucluse e Gard.

Ele  foi morto no dia 5  de Maio às 16h30 GMT, durante  um controlo banal, próximo de um ponto de venda de estupefacientes, na zona velha de Avignon, no coração das muralhas da histórica urbe, também conhecida pelo nome  de  "Cité des Papes" (Cidade  dos Papas).          

Ao prestar homenagem a Eric Masson o primeiro-ministro Jean Castex garantiu que o Estado vai mobilizar meios inéditos para combater o tráfico de droga e combater quem se atreve a procurar por em xeque as autoridades.

"Está fora de questão que o medo passe para o outro lado.

Honrar a memória de Eric Masson é afirmar alto e bom som que o Estado vai assumir todos os meios para prevenir, perseguir e reprimir todas as formas de violência.

A começar logo por aquelas que resultam do tráfico de estupefacientes contra as quais Eric Masson se tinha implicado com todas as suas forças com mesmo o risco da sua vida.

Eis porque nos atribuimos os meios como nunca antes: meios jurídicos, humanos, meios materiais, tudo o que é preciso !

Para amplificar esta luta que provoca reacções tanto mais violentas por estarmos a atingir o coração destes tráficos !"

Jean Castex, primeiro-ministro francês, 11/5/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI