Manifestação

Vacinados ou não, franceses voltam a sair à rua contra o passe sanitário

Os franceses continuam a manifestar-se contra a imposição do passe sanitário e a obrigação de vacinação para os profissionais de saúde.
Os franceses continuam a manifestar-se contra a imposição do passe sanitário e a obrigação de vacinação para os profissionais de saúde. AFP - STEPHANE DE SAKUTIN

Milhares de pessoas voltaram às ruas em França para se manifestarem contra o passe sanitário e a vacinação obrigatória para os profissionais de Saúde. A jornalista da RFI, Marine de La Moissonnière, ouviu os manifestantes em Paris que dizem que em setembro haverá mais gente nas ruas.

Publicidade

A chuva em Paris ou o sol em Nice não desmobilizaram os franceses que se opõem à introdução do passe sanitário já a partir de 09 de Agosto na maior parte dos espaços públicos, incluindo bares e restaurantes, assim como a vacinação obrigatória para os profissionais de saúde.

Estas decisões foram aprovadas pelo Conselho Constitucional esta semana e os cortejos deste sábado nas grandes cidades francesas mostram a rejeição de uma parte da população em relação a esta medida.

E não são só as pessoas vacinadas que decidiram sair às ruas.

"É preciso continuar o combate e não tem nada a ver com a questão de ser ou não vacinado. Há um mês que estou completamente vacinado. O problema é a privação da liberdade. Acho que ainda há como fazer recuar o Governo. Talvez não no verão, mas é preciso paciência. Penso que na rentrée, em setembro e vamos ser muitos mais", disse André, um manifestante de 68 anos, aos microfones Marine de La Moissonnière, jornalista da RFI.

A manifestação em Nice reuniu entre 15 a 20 mil pessoas, em Lyon cerca de 3.000 e vários milhares em Paris. a maior parte dos cortejos decorreram de forma tranquila, mas foram registados alguns desacatos às autoridades, nomeadamente em Lyon.

Tal como este reformado, centenas de pessoas garantem que os protestos vão subir de tom a partir de setembro numa altura em que a França atravessa a quarta vaga de covid-19.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI