França/Paris

Paris: velocidade de circulação limitada doravante a 30 kms/hora

Paris : Entrou em vigor a limitação da velocidade a 30 kms/h a 30 de Agosto de 2021.
Paris : Entrou em vigor a limitação da velocidade a 30 kms/h a 30 de Agosto de 2021. © AFP

Em Paris a partir de hoje, na grande maioria dos eixos rodoviários, a velocidade máxima autorizada passou para 30kms por hora. A autarquia alega pretender, nomeadamente, defender o meio ambiente, melhorar a segurança rodoviária e baixar o ruído com uma aposta em novos meios de deslocações. Uma medida mal vista pelos taxistas.

Publicidade

Com a passagem de 50 para 30 kms/hora os trajectos passarão a ser mais demorados e, também, mais caros. Os clientes poderiam optar pelas plataformas como Uber ou Bolt cujos preços não são estipulados em função da duração do trajecto.

Ilídio Valente é taxista há 14 anos na capital francesa, ele alega que a nova regulamentação não vai ser acatada e vai prejudicar em larga escala os motoristas.

"Eu penso que vai ser muito complicado para a profissão de taxista porque os clientes num trajecto que se calhar faziam em meia-hora, isto é um exemplo, vão pôr agora 40, ou 45 minutos, ou mais.

Acho que eles vão optar por outros meios de transporte porque o táxi em Paris é para fazer a deslocação de um ponto A a um ponto B o mais rápido possível."

Questionado sobre se achava que a autarquia poderia ser sensível à argumentação dos taxistas quanto à adopção deste novo dispositivo o motorista afirma-se céptico.

"Penso que não. O que é que ela tem feito estes anos todos pela profissão do táxi ? Cada vez há menos corredores, cada vez há mais bicicletas, trotinetas, cada vez há mais complicações para podermos efectuar a nossa profissão em boas condições".

Interrogado sobre o respeito da nova regulamentação o motorista de táxi admite que a tentação será grande para desrespeitar as preconizações.

"A maior parte vai desrespeitar... como hoje em dia com a [velocidade] limitada a 90 é mesmo raro [quem respeite], só mesmo se houver lá um radar e que a gente o veja ! "

Ilídio Valente, taxista parisiense, 30/8/2021

Os estafetas, empresas de entregas e distribuição arriscam-se também a sentir um forte impacto com a adopção desta medida.

Outras cidades francesas como Grenoble, Lille e Nantes já tinham adoptado idêntica medida. Em Paris alguns grandes eixos mantêm, porém, a possibilidade de circulação além dos 30 kms/hora.

É o caso da Avenida dos Campos Elíseos ou da circular interna onde a velocidade continua a ser 50 kms/hora. Na circular externa ela situa-se nos 70 kms/hora.

Hermano Sanches Ruivo, vereador da Câmara municipal de Paris, descarta qualquer perseguição aos automobilistas por detrás da entrada em vigor hoje da limitação da velocidade de circulação a 30 kms/hora na capital francesa.

Para a autarquia uma das principais razões deste novo dispositivo prende-se com a melhoria da segurança.

"Este novo dispositivo não é luta contra os carros, e ainda menos contra as profissões que precisam de um carro. É a continuidade de uma política que tem que ver com as mobilidades dentro de Paris.

E, portanto, que deve continuar a privilegiar (...) sobre a absoluta necessidade de mais transportes públicos, mais transportes como a bicicleta, por exemplo. "

O responsável afirma que a velocidade média em Paris se situa, apenas, entre os 15 e os 17kms/hora, em período normal.

Para o vereador parisiense esta medida visa, sobretudo, garantir a segurança na capital francesa.

"A principal razão, o principal objectivo dessa medida também tem a ver com a questão da segurança. Nós esquecemo-nos muitas vezes que qualquer velocidade acrescida coloca, automaticamente, inclusive os peões, para não falar apenas dos condutores ou dos ciclistas ou dos motoristas, em situação de perigo."

Hermano Sanches Ruivo, vereador da Câmara Municipal de Paris, 30/8/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI