França/Reino Unido

"O incrível presidente que encolhe", diz The Economist sobre Sarkozy

Fotomontagem na revista britânica The Economist faz ironia com o presidente Nicolas Sarkozy.
Fotomontagem na revista britânica The Economist faz ironia com o presidente Nicolas Sarkozy. The Economist

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, nada mais é do que a versão encolhida do que já foi, afirma, em um artigo virulento a revista liberal The Economist. O artigo é ilustrado por uma fotomontagem em que Sarkozy é visto com um enorme chapéu de Napoleão. A imagem mostra somente as pernas do presidente, que aparece como um anão ao lado da gigante primeira-dama Carla Bruni.

Publicidade

"Quando Sarkozy apareceu no cenário político francês, não se parecia a nenhum outro dirigente recente da história do país", afirma o editorial do The Economist. "Ele ousava dizer o que os franceses não queriam ouvir: que a população deveria trabalhar mais, correr mais riscos e ser mais gentil com os americanos." Agora, prossegue a revista, três anos depois, Nicolas Sarkozy é apenas a sombra do político reformador que propunha no plano econômico e uma caricatura do dirigente determinado que parecia ser no âmbito social.

Mesmo a reforma da previdência, que o presidente francês defende com unhas e dentes, e que levou entre 1 milhão e 2,7 milhões de pessoas a manifestar esta semana em todo o país, é considerada tímida por The Economist. Para a revista, passar de 60 para 62 anos a idade mínima legal para obter aposentadoria não é suficiente em um país onde o rombo na previdência pode chegar a 42 bilhões de euros em 2018.

Na verdade, o que The Economist critica é justamente o argumento inverso levantado pela oposição na França. Para os partidos de esquerda e parte da população francesa, Sarkozy estaria destruindo o generoso sistema social francês. Na visão da respeitada revista britânica, o chefe de Estado francês não tem sido liberal o bastante.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI