Acesso ao principal conteúdo
Expulsão de ciganos

França julga inaceitável Fidel Castro chamar repatriação de ciganos de holocausto racial

Fidel Castro chama repatriamento de ciganos ilegais na França de "holocausto racial".
Fidel Castro chama repatriamento de ciganos ilegais na França de "holocausto racial". Reuters
Texto por: RFI
2 min

Após críticas do ex-ditador cubano em relação à política de repatriamento de ciganos ilegais na França, porta-voz do Ministério francês das Relações Exteriores provoca dizendo que revolucionário é o fato de Castro se interessar pelos direitos humanos.

Publicidade

A França classificou neste sábado de "inaceitável" a acusação feita na véspera pelo cubano Fidel Castro de que Paris está cometendo uma espécie de "holocausto racial" ao expulsar do país milhares de ciganos.

"A utilização do termo ‘holocausto’ por parte de Castro demonstra sua ignorância em relação à história e às vítimas do holocausto. Semelhantes declarações são inaceitáveis", declarou o porta-voz do Ministério francês das Relações Exteriores, Bernard Valero, que participou neste sábado de uma reunião de chefes da diplomacia da União Europeia em Bruxelas.

"Que Fidel Castro se interesse enfim pelos direitos humanos, isso sim é revolucionário", acrescentou.

Na sexta-feira, em discurso em Havana, o ex-ditador cubano disse que os ciganos residentes na França estão sendo "vítimas da crueldade da extrema direita francesa", e que a expulsão de mais de oito mil deles desde o início do ano equivale a uma "espécie de holocausto racial".

A repatriação de ciganos para Romênia e Bulgária, ordenada pelo presidente francês Nicolas Sarkozy, provocou fortes protestos e foi alvo de reprovação em toda a Europa, incluindo o Parlamento Europeu.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.