Acesso ao principal conteúdo
Níger/sequestros

Sarkozy vai receber familiares de franceses sequestrados e mortos no Níger

Assinatura no livro de condolências para os dois franceses assassinados no Níger.
Assinatura no livro de condolências para os dois franceses assassinados no Níger. Reuters
Texto por: RFI
2 min

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, vai receber nesta terça-feira as famílias dos dois reféns franceses sequestrados na capital do Níger, Niamey, e assassinados no sábado. Vicent Delory e Antoine de Leocour foram abatidos durante uma operação das forças especiais francesas organizada perto da fronteira do Mali para tentar resgatar os reféns.

Publicidade

A França e o Mali acusam a Aqmi, braço da rede terrorista Al-Qaeda no Magrebe Islâmico de serem os autores do sequestro, embora nenhum grupo tenha reivindicado a autoria do crime. Em visita a Niamey ontem, o ministro francês da Defesa, Alain Juppé, afirmou ter confirmação da participação da Aqmi no caso. Há três meses, esse mesmo grupo reivindicou o sequestro de cinco franceses que trabalhavam para o grupo nuclear francês Areva no norte do Níger.

Os corpos de Vincent Delory et de Antoine De Leocour, ambos de 25 anos, serão transladados para a França nesta terça-feira. Os dois jovens franceses era originários do norte da França. Eles foram raptados quando estavam em um bar em plena capital Niamey. De Leocour estava com casamento marcado e Delory, amigo de infância, estava no Níger especialmente para a ocasião.

Ontem, durante encontro com o presidente norte-americano, Barack Obama, em Washington, Sarkozy prometeu lutar contra o terrorismo. Obama apresentou pêsames aos familiares dos dois franceses.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.