França/Moda

John Galliano pede desculpas, mas nega ser antissemita

Com 50 anos, John Galliano após ser demitido da Dior pede desculpas pelas ofensas ditas.
Com 50 anos, John Galliano após ser demitido da Dior pede desculpas pelas ofensas ditas. REUTERS/Gonzalo Fuentes

 O estilista britânico, despedido pela Maison Dior na terça-feira, apresentou desculpas por sua conduta chocante, mas negou qualquer tipo de antissemitismo. O anúncio foi feito através de um comunicado publicado em Londres por seus advogados.

Publicidade

"Eu nego totalmente as acusações contra mim e estou cooperando com os investigadores", explica Galliano no comunicado. Ele declara que o antissemitismo e o racismo não têm lugar na sociedade atual e apresentou desculpas sem limites por sua conduta chocante.

Esta foi a primeira vez que o ex-superstar da Dior se expressou sobre o escândalo que o destronou da grife pertencente ao grupo número um mundial do luxo, LVMH.

Vai ter desfile ou não?

A principal pergunta que circula nos bastidores da Semana da Moda de Paris, que abriu nesta segunda-feira e apresenta as coleções de pret-à-porter Outono/Inverno 2011/2012, é se a Dior vai manter o seu desfile. O evento está marcado para a próxima sexta-feira, às 14h30 no horário francês, 10h30 no horário de Brasília, no Museu Rodin. Os convites já foram enviados.
A assessoria de imprensa da Dior avisa que, por enquanto, o desfile não está cancelado.

Quem vai substituir?

As especulações sobre o substituto ou a substituta de Galliano deixam o mundo fashion em efervescência. Alguns nomes vêm à tona, entre eles, o do francês de origem tunisiana e ítalo-brasileira, Hedi Slimane, ex-diretor de criação da Dior Homem, uma referência em matéria de modernização da moda masculina. O marroquino criado em Israel, Alber Elbaz, que projetou novamente a grife Lanvin, o italiano Riccardo Tisci, que dirige atualmente a marca Givenchy, e o francês Haider Ackermann, também são considerados candidatos potenciais ao trono de John Galliano.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI