França/Política

Extrema-direita lidera nova pesquisa sobre presidenciais francesas

Nova pesquisa na França indica que a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, ainda venceria no primeiro turno se as eleições presidenciais fossem hoje.
Nova pesquisa na França indica que a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, ainda venceria no primeiro turno se as eleições presidenciais fossem hoje. Reuters

Em uma nova pesquisa de intenções de voto para o primeiro turno das eleições presidenciais na França, previstas para 2012, a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, da Frente Nacional, volta a ficar em primeiro lugar.

Publicidade

Diante das críticas à primeira pesquisa divulgada no domingo, que apontavam que não foram escolhidos candidatos de mais peso para representar os socialistas, o jornal Le Parisien refez a sondagem colocando o atual diretor do Fundo Monetário Internacional, Dominique Strauss-Khan, e o ex-n° 1 do Partido Socialista, François Hollande, em concorrência com Marine Le Pen.

Gaspar Estrada, cientista político do Observatório Político da América Latina, comenta a pesquisa:

O resultado foi praticamente o mesmo: 24% para ela no primeiro turno, à frente dos outros dois supostos candidatos, com 21%.

Na primeira pesquisa do Le Parisien, imaginou-se que concorreriam ao pleito de 2012 o atual presidente da França, Nicolas Sarkozy, a primeira-secretária do Partido Socialista, Martine Aubry, além de Marine. A candidata de extrema-direita ficou com 23% e Sarkozy e Aubry com 21%.

Mesmo que a pesquisa não se confirme no ano que vem, fica claro que a extrema-direita ganha terreno na França.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI