França

Trilhos e irrigadores em cobre viram alvo de ladrões na França

Os ladrões roubam fios de cobre usados nos trilhos.
Os ladrões roubam fios de cobre usados nos trilhos. © REUTERS

O cobre tem se tornado um material altamente cobiçado na França. Nós últimos meses, o preço alto do metal no mercado tem feito disparar o número de furtos.

Publicidade

Um alvo recorrente são os trilhos da rede ferroviária francesa. Ontem, o tráfego de trens entre Paris e a cidade de Beauvais chegou a ser interrompido depois de terem sido roubados 12 fios de cobre usados nos trilhos em um túnel.

A SNCF, a estatal ferroviária da França, afirma que o aumento dos roubos está ligado ao aumento do preço do metal. A tal ponto que que um plano para aumentar a segurança nas linhas no valor de 40 milhões de euros foi implementado em março deste ano. No ano passado, a SNCF perdeu 30 milhões de euros e registrou mais de 5.800 horas de atraso com os roubos.

Depois dos trilhos, os ladrões atacam, agora, as propriedades rurais. O objetivo são os canos de cobre utilizados para irrigação do campo. Na região de Gironde, sudoeste da França, os agricultores não dormem mais. Eles têm multiplicado as rondas noturnas para tentar flagrar os ladrões.

Entre 2009 e 2010, os roubos de cobre aumentaram 166% no sudoeste da França e 600 na região de Gironde. Desde janeiro, 232 irrigadores foram alvo de furtos na região.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI