Acesso ao principal conteúdo
AF447/Acidente

Air France condena críticas feitas aos pilotos do voo AF447

Conteúdo das caixas-pretas do AF447 começaram a ser lidas nesta segunda-feira.
Conteúdo das caixas-pretas do AF447 começaram a ser lidas nesta segunda-feira. Reuters
Texto por: Silvano Mendes
1 min

Em um comunicado interno o diretor da Air France-KLM, Pierre-Henri Gourgeon, condenou os rumores sobre os possíveis erros dos pilotos da companhia no acidente do voo AF447, que caiu na rota Rio-Paris em 2009. A reação do executivo foi uma resposta às críticas feitas aos comandantes do avião, um dia após o início da leitura dos dados das caixas-pretas da aeronave.

Publicidade

Segundo o diretor da Air France-KLM, as críticas são um ataque à memória dos pilotos. “Eu confirmo minha total confiança no profissionalismo deles”, disse Pierre-Henri Gourgeon. Desde que a BEA, a agência francesa que investiga as causas do acidente, começou a leitura das duas caixas-pretas do avião na segunda-feira, vários rumores indicaram que as primeiras análises apontavam falhas dos pilotos ou dos procedimento de segurança durante o voo.

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira, a BEA afirmou ser a única capaz de informar os avanços da investigação. “Nenhuma conclusão pode ser tirada por enquanto”, explicou a agência, em resposta às informações divulgadas no jornal Le Figaro, que inocentavam a fabricante de aviões Airbus na tragédia que provocou a morte de 228 pessoas.

O governo francês também se exprimiu sobre os rumores, pedindo paciência às famílias das vítimas. “A verdade exige um mínimo de tempo”, declarou o secretário francês dos Transportes, Thierry Mariani, lembrando que centenas de parâmetros foram recolhidos nas caixas-pretas e que qualquer conclusão seria precipitada. “Nós conheceremos a verdade até o início do verão (julho/agosto)”, disse o Mariani.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.