Acesso ao principal conteúdo
AF447/Acidente

É fácil culpar piloto morto, diz presidente de sindicato francês

Dados da caixa-preta inocentam a Airbus, diz o Le Figaro
Dados da caixa-preta inocentam a Airbus, diz o Le Figaro Reuters
Texto por: Adriana Brandão
3 min

O jornal Le Figaro desta terça-feira informa que os primeiros dados revelados pelas caixas-pretas do voo AF447 inocentam a Airbus na tragédia que provocou a morte de 228 passageiros. Falhas dos pilotos ou no procedimento de segurança da Air France são agora as hipóteses privilegiadas pela BEA para explicar o acidente, afirma o jornal conservador. Uma informação que chocou o presidente do sindicato de pilotos Alter.

Publicidade

De acordo com o Le Figaro, a BEA deverá divulgar novas informações sobre a responsabilidade da Air France ou dos pilotos nesta terça-feira. Fontes da Air France e da Airbus contatadas pelo jornal, não quiseram comentar a informação, mas um comunicado da Airbus sobre o acidente, revelado pela agência de notícias France Presse, reforça a informação. O texto enviado pelo construtor europeu a seus clientes diz que "a Airbus não tem nenhuma recomendação imediata a fazer às companhias que usam o A330 depois das análises preliminares de uma das duas caixas-pretas do AF447".

O comunicado foi aprovado pela BEA, antes de ser divulgado. Mas segundo porta-voz da agência que investiga as causas do acidente, o texto não traz nenhuma nova revelação. Ele reafirma que no estágio atual da investigação nenhuma conclusão pode ser feita.

O presidente do sindicato minoritário de pilotos da Air France ALTER, François Hamant

O presidente do sindicato minoritário de pilotos da Air France ALTER, François Hamant, entrevistado pela RFI esta manha, ficou chocado com a rapidez da conclusão do Le Figaro. Ele não acha normal não se falar mais das sondas de velocidade Pitot, apontadas inicialmente como uma das causas prováveis do acidente, e diz que culpar os pilotos mortos é uma solução fácil.

A BEA, a agência francesa que investiga a causa do acidente do AF447, informou ontem que a análise detalhada dos dados das caixas-pretas do Airbus A330 vai durar várias semanas e que um relatório preliminar só será divulgado entre os meses de julho e agosto.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.