Bactéria/França

Criança contaminada com E.coli na França está em estado crítico

As crianças hospitalizadas teriam consumido hambúrgueres congelados, vendidos por uma rede de supermercados alemã.
As crianças hospitalizadas teriam consumido hambúrgueres congelados, vendidos por uma rede de supermercados alemã. Getty Images/Eiichi Onodera

O estado de saúde de uma das oito crianças francesas contaminadas com uma variante rara da bactéria E.coli presente na carne de hambúrgueres se agravou. O anúncio foi feito pelo ministro francês da Saúde, Xavier Bertrand.

Publicidade

Sete crianças contaminadas com uma variante da bactéria E.coli no norte da França continuam hospitalizadas em Lille. Com idades entre um ano e meio e oito anos, elas estão sendo tratadas no serviço de nefrologia por causa das sequelas renais provocadas pela bactéria.

Um delas está em estado crítico e está sendo submetida a hemodiálise. O ministro da Saúde francês, Xavier Bertrand, disse na manhã desta sexta-feira que o estado de saúde desta criança piorou nas últimas horas, mas os médicos do hospital de Lille garantem que ela não corre mais risco de vida.

As oito crianças foram contaminadas por hambúrgueres congelados comercializados por uma rede de supermercados alemã. O produto foi processado e empacotado na França com carne importada da Alemanha e de outro país da União Europeia. A contaminação pela bactéria teria ocorrido no momento do abate.

Ontem, uma das crianças infectadas teve alta do hospital. Nenhum novo caso foi registrado na França. O produto suspeito foi retirado da venda e as autoridades francesas garantem que esta variante rara da bactéria E.coli é diferente da outra que provoca a grave epidemia no norte da Alemanha, que já deixou 38 mortos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI