França/Terrorismo

Atirador de Toulouse está morto, afirma ministro francês do Interior

O ministro do Interior francês, Claude Guéant, chega para entrevista coletiva no local onde o suposto assassino de Toulouse, Mohamed Merah, foi morto nesta quinta-feira.
O ministro do Interior francês, Claude Guéant, chega para entrevista coletiva no local onde o suposto assassino de Toulouse, Mohamed Merah, foi morto nesta quinta-feira. REUTERS/Jean-Paul Pelissier
2 min

Mohamed Merah, suposto autor dos crimes contra militares e a escola judaica, morreu após um intenso tiroteio na manhã desta quinta-feira, confirmou o ministro francês do Interior, Claude Guéant. Segundo o ministro, Claude Guéant,  os policiais decidiram invadir o apartamento após o jovem ter se recusado a se render. Eles entraram pela porta e janela do apartamento e encontraram o jovem refugiado no banheiro. Fortemente armado, Mohamed resistiu à ofensiva e na intensa troca de tiros, que durou cerca de 5 minutos, três policiais ficaram feridos, sendo um em estado grave.

Publicidade

Três explosões foram ouvidas por volta das 10h30 nas proximidades do apartamento antes da ofensiva final da unidade especial da polícia francesa. Pelo menos 300 cartuchos foram usados na violenta troca de tiros.

Mohamed reagiu ao ataque, contrariando expectativas de que ele tivesse cometido suicídio, após ter interrompido a comunicação com os policiais desde a noite de ontem.

O silêncio do atirador fez o ministro francês do Interior, Claude Guéant, questionar se Mohammed ainda estava vivo. Ele considerou “estranho” a falta de reação do atirador após a explosão provocada pelos policiais no apartamento.

“Todas as hipóteses são analisadas”, disse o ministro, lembrando que o jovem francês de origem argelina indicou por duas vezes que iria se render antes de mudar de estratégia e entrar no que Guéant chamou de “lógica de ruptura”. O ministro ainda lembrou que Mohamed declarou “querer morrer com armas nas mãos”.
 

Veja o vídeo de Mohamed Merah divulgado pela TV francesa:

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI