França/EUA

Diretor da Sciences Po Paris é encontrado morto em Nova York

Richard Descoings, chefe do prestigioso Instituto de Estudos Políticos de Paris (Sciences Po), foi encontrado morto nesta terça-feira em Nova Iorque.
Richard Descoings, chefe do prestigioso Instituto de Estudos Políticos de Paris (Sciences Po), foi encontrado morto nesta terça-feira em Nova Iorque. REUTERS/Philippe Wojazer/Files

Richard Descoings, de 53 anos, foi encontrado morto nesta terça-feira em um quarto do hotel Michelangelo, em Nova York, em circunstâncias ainda não esclarecidas pela polícia americana. Nenhum sinal de violência foi encontrado no corpo do francês. A polícia de Nova York abriu uma investigação.

Publicidade

A porta do quarto não foi forçada e hóspedes de quartos vizinhos disseram ter ouvido pessoas conversando até tarde no quarto do diretor do Instituto de Estudos Políticos de Paris, mais conhecido como Sciences Po Paris.

O presidente Nicolas Sarkozy saudou a carreira excepcional de Descoing, "um grande servidor do Estado francês", segundo Sarkozy. Durante os 16 anos em que dirigiu Sciences Po, Descoing promoveu reformas de modernização da escola, até então considerada um gueto da elite parisiense.

Em quatro mandatos, ele abriu a escola a 40% de estudantes estrangeiros, criou uma quota de bolsas de estudo a alunos franceses filhos de famílias de baixa renda, democratizou o concurso de acesso e abriu unidades no interior da França. Todos os alunos da Sciences Po Paris passam obrigatoriamente um ano de estudo em universidades conveniadas no exterior.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI