França/Eleições

Hollande diz que vitória no 1° turno prova rejeição ao governo Sarkozy

François Hollande comemora os resultados do primeiro turno das presidenciais francesas.
François Hollande comemora os resultados do primeiro turno das presidenciais francesas. REUTERS/Regis Duvignau

François Hollande, candidato do Partido Socialista e apontado como vitorioso no primeiro turno das eleições presidenciais francesas, afirma que os resultados representam uma sanção ao governo de Nicolas Sarkozy. Em um discurso feito logo após a divulgação das primeiras pesquisas de boca de urna, o socialista diz ser a melhor pessoa para dirigir o país. Já o atual presidente pediu que três debates sejam realizados entre os dois candidatos antes do segundo turno, que acontece em 6 de maio.

Publicidade

Logo após a divulgação das primeiras pesquisas de boca de urna, que apontam François Hollande e Nicolas Sarkozy como vencedores do primeiro turno das presidenciais francesas, os dois candidatos festejaram a vitória e lançaram a campanha para o segundo turno das eleições, que acontece no dia 6 de maio. O socialista Hollande, que saiu vitorioso da primeira etapa, se diz confiante e se considera o melhor colocado para dirigir o país. Durante seu discurso, ele disse que o resultado das urnas nesse domingo representa uma sanção contra o governo de Sarkozy.

Em Paris, diante de seus partidários, o atual presidente declarou relembrou alguns temas de sua campanha, como a luta contra a imigração e a batalha para estabilizar a economia do país. Sarkozy também desafiou o rival socialista a participar de três debates antes do segundo turno. “A partir de amanha nós pegamos novamente a estrada”, disse o presidente, lançando oficialmente a campanha para o segundo turno.

A última pesquisa divulgada pelos institutos de sondagem apontam François Hollande como vencedor do segundo turno. O socialista derrotaria Sarkozy com 54% dos votos. 
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI