Acesso ao principal conteúdo
França/Violência

Em Toulouse, sequestrador liberta dois dos quatro reféns

Policiais franceses bloqueiam a rua onde um suposto membro da Al Qaeda mantém reféns, em Toulouse, nesta quarta-feira.
Policiais franceses bloqueiam a rua onde um suposto membro da Al Qaeda mantém reféns, em Toulouse, nesta quarta-feira. REUTERS/Bruno Martin
Texto por: RFI
2 min

Duas mulheres, que ainda não tiveram a identidade revelada, foram as primeiras a serem libertadas do grupo de quatro pessoas mantidas como reféns em um banco de Toulouse, no sudoeste da França, desde a manhã desta quarta-feira, segundo fontes da polícia e do ministério do Interior. A imprensa que está no local afirmou que ele aceitou libertar o primeiro refém em troca de mantimentos.

Publicidade

De acordo com fontes policiais, o homem que diz pertencer à rede Al-Qaeda, entrou na agência do banco CIC pouco depois das 10 horas da manhã e iniciou o sequestro após ter pedido insistentemente dinheiro aos funcionários e não ser atendido. Ao perceber que não estava sendo levado a sério, resolveu sacar sua arma e anunciar o sequestro. Entre os reféns está o diretor da agência.

Um tiro foi disparado no começo da ação mas não deixou feridos. “Ainda não sabemos se trata-se de um assalto mal sucedido ou de uma ação deliberada”, disse um policial que acompanha o caso.

A hipótese mais provável para os policiais é a de que o homem seja uma pessoa desequilibrada mentalmente. Ele já foi identificado pela polícia por antecedentes psiquiátricos e outros fatos não detalhados.

Segundo testemunhas, pais de alunos de uma escola vizinha à agência bancária receberam mensagens para buscar seus filhos.

O sequestro acontece a 500 metros do imóvel onde o jovem Mohamad Merah se refugiou, após ter cometido uma série de crimes que chocou a França, entre eles o massacre de uma escola judaica em Toulouse.

O argelino, de 23 anos, foi morto no dia 22 de março após uma operação do Raid, a unidade de elite da polícia francesa.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.