França/Manifestação

Franceses protestam nas ruas contra casamento gay

Lyon já tinha sido palco de uma primeira manifestação contra o casamento gay, em 23 de outubro de 2012.
Lyon já tinha sido palco de uma primeira manifestação contra o casamento gay, em 23 de outubro de 2012. REUTERS/Robert Pratta

Mais de 100 mil pessoas participaram neste sábado em várias cidades francesas de manifestações contra o casamento homossexual na França. O protesto reuniu 27 mil pessoas, segundo os organizadores, e 22 mil pessoas segundo a polícia em Lyon e 70 mil em Paris.

Publicidade

As manifestações nacionais foram organizadas por um coletivo de associações e representantes de diversas religiões. Eles protestam contra o projeto de lei do governo que autoriza o casamento e a adoção por pessoas do mesmo sexo. Deputados e vereadores, principalmente de direita, e o arcebispo de Lyon, Philippe Barbarin, também participaram da manifestação na cidade do sudoeste da França.

“Casamento é igual a um homem e uma mulher”, “O casamento tradicional não é negociável” eram algumas palavras de ordem gritadas pelos manifestantes que carregavam balões rosas, azuis e brancos. Alguns incidentes foram registrados na manifestação em Lyon e 10 pessoas foram detidas por violência ou porte de arma. Outras 40 pessoas, que fizeram uma contra-manifestação para denunciar a homofobia da passeata, também foram detidas por participar de uma manifestação não autorizada pela polícia.

Neste domingo, acontece uma nova passeata contra o casamento gay na França. Desta vez, o protesto nas ruas de Paris será organizado pelo movimento integrista católico Civitas.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI