França/Terrorismo

Polícia francesa detém suspeitos de ligação com grupos islâmicos no Mali

O Ministro do Interior Manuel Valls
O Ministro do Interior Manuel Valls REUTERS/Charles Platiau

A polícia francesa deteve esta manha na região parisiense quatro suspeitos de ligação com o islamismo radical. Eles são suspeitos de pertencer a uma rede que envia franceses para lutar ao lado dos grupos islâmicos que combatem no norte do Mali.

Publicidade

O ministro francês do Interior, Manuel Valls, confirmou que atualmente um pequeno grupo de franceses combate no Mali ao lado dos radicais islâmicos que o Exército francês tenta expulsar do país africano. Valls também informou que dezenas de franceses estão lutando na Síria.

A operação antiterrorista desta terça-feira na França foi conseqüência da prisão de um franco-congolês em Niamey, capital do Níger. Ele foi detido, há poucos meses, quando tentava comprar ilegalmente um carro e pretendia se aliar a rede Al Qaeda do norte da África. Expulso do Níger, o francês de 27 anos foi indiciado e está atualmente preso na França.

Hoje, a polícia francesa deteve três franco-congoleses e um malinês. O ministro do interior afirmou que as investigações vão continuar com o objetivo é desmantelar essas redes no país.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI