Acesso ao principal conteúdo
França/Senado

Senado francês proíbe concursos de beleza infantis

Concurso de mini miss França 2012 . As vencedoras têm 7 e 13 anos.
Concurso de mini miss França 2012 . As vencedoras têm 7 e 13 anos. Alban Wyters/ABACAPRESS.COM Wyters Alban/ABACA
Texto por: RFI
2 min

O Senado francês votou nesta terça-feira um projeto de lei que proíbe os concursos de beleza para meninas menores de 16 anos, conhecidas como "mini-miss" nos Estados Unidos.

Publicidade

O projeto foi adotado por 146 votos a favor e apenas um contra. Para entrar em vigor, ele ainda deverá ser aprovado na Assembleia legislativa francesa.

A lei prevê uma multa de 3000 euros para os organizadores desse tipo de concurso, que contribui para a hipersexualização das crianças na opinião dos parlamentares.

"Não podemos deixar nossas filhas acreditarem, desde pequenas, que só têm algum valor por conta da aparência. O interesse comercial não pode se sobrepor ao interesse social", disse a autora do texto, a senadora e ex-ministra dos Esportes do governo Sarkozy, Chantal Jouanno.

A relatora do texto, Virginie Klès, se pronunciou contra a medida, a julgando muito 'radical.'

A ministra francesa dos Direitos das Mulheres, Najat Vallayd-Belkacem, do Partido Socialista, havia proposto um outro projeto, exigindo uma autorização prévia para a realização dos concursos, mas com a adoção do novo texto, ele foi arquivado.

Este tipo de concurso, onde as crianças costumam usar roupas ousadas e desfilam como adultos, existem nos Estados Unidos desde os anos 60. Um reality-show, "Toddlers and Tiaras", estreou em 2009 no país, mostrando os bastidores deste tipo de competição.

Na França, o primeiro concurso do gênero foi organizado em 1990.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.