França/Acidente na Disney

Menino que se acidentou na Disney Paris não corre risco de morte

Entrada da atração "Piratas do Caribe", no Parque Disney de Paris.
Entrada da atração "Piratas do Caribe", no Parque Disney de Paris. Disneyland Paris

O menino de cinco anos que ficou gravemente ferido depois de cair de um barco na Eurodisney continua internado por conta de uma compressão torácica, mas não corre mais risco de vida. De acordo com fontes próximas ao caso, o garoto teria se levantado antes da hora, desrespeitando as recomendações de um alto falante da atração "Piratas do Caribe", uma das mais populares do parque parisiense.

Publicidade

O acidente aconteceu por volta das 16h desta quarta-feira. A embarcação ainda não teria parado completamente quando o menino, chamado Iban, deixou seu assento. Ele caiu entre o cais e o barco em movimento, mas foi rapidamente retirado pelo pai e por outros clientes, enquanto funcionários do parque chamaram a emergência. Uma investigação foi aberta pelo Tribunal de Meaux para apurar as causas do acidente. Os resultados serão apresentados nos próximos dias.

Principal destino turístico da Europa, a Disneyland Paris recebeu 265 milhões de visitantes em 20 anos. Só em 2012, 16 milhões de pessoas foram ao parque, número que ultrapassa o museu do Louvre e a Torre Eiffel. A atração "Piratas do Caribe", inspirada na saga cinematográfica, está fechada até nova ordem, informou um porta-voz do grupo Eurodisney.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI