França/Escândalo

Hollande e atriz francesa estão apaixonados há 2 anos, diz revista

Capas das revistas de celebridades Closer e VSD que circulam nesta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014.
Capas das revistas de celebridades Closer e VSD que circulam nesta sexta-feira, 17 de janeiro de 2014. Foto: RFI

A revista Closer, que revelou o suposto caso amoroso de François Hollande, voltou às bancas nesta sexta-feira (17) com novas revelações exclusivas sobre a vida sentimental do presidente francês, que ganhou destaque mundial. Em sua manchete, a publicação afirma que o chefe de Estado e Julie Gayet “se amam há dois anos”. O presidente visitou,a noite desta quinta-feira, pela primeira vez sua companheira Valérie Trierweiller no hospital. 

Publicidade

A revista comenta ainda que os dois encontraram muitas dificuldades para definir um local para os encontros amorosos. Eles tiveram que deixar um apartamento na região central de Paris, perto da produtora da atriz, porque a zeladora do imóvel tentava tirar fotografias dos dois juntos. Diante da repercussão mundial do caso, a Closer decidiu dar informações sobre os bastidores do furo de reportagem.

A revista, que vendeu cerca de 600 mil exemplares na última sexta-feira (10), o dobro de uma tiragem normal, afirma que, assim como outros veículos de imprensa francesa, seguia há muito tempo os rumores da ligação de Hollande com Julie Gayet. As fotos do paparazzi Sébastian Valiela foram feitas das escadarias de um prédio em frente ao imóvel que os dois frequentavam, perto do Palácio do Eliseu.

Segundo a revista, o fotógrafo chegou a ficar a apenas três metros do presidente, sem ser incomodado por seus guarda-costas, sinal de que a segurança do chefe de estado era “light”.

Na esteira do sucesso e do interesse público depois da revelação do caso, outras revistas de celebridades da França investem no assunto com destaque de capa. AVoici afirma que François Hollande "escolheu" Julie Gayet e o relacionamento secreto entre os dois já dura um ano. Para a publicação, o presidente poderá oficializar a qualquer momento seu caso de amor com a atriz de 41 anos.

Gravidez
Voici lembra ainda que a revelação deu origem a muitos rumores sobre uma suposta gravidez de Gayet. Um tweet postado por um blogueiro francês, dizendo que ela estaria grávida de quatro meses, foi rapidamente retirado do ar, mas não sem antes ser amplamente divulgado pela imprensa estrangeira. A atriz desmentiu os rumores de sua gravidez para a rádio francesa Europe 1 na noite desta quinta-feira (16) .

No mesmo dia, Julie Gayet anunciou ter entrado com uma ação na justiça contra a revista Closer por "violação da vida privada.". Ela pede uma indenização de 50 mil euros por danos morais e outros 4 mil por despesas judiciárias, além da publicação na capa da revista de uma eventual condenação da justiça.

Fim da união
Além das revistas de celebridades, as semanais e os jornais afirmam nesta sexta-feira que a relação de François Hollande com sua companheira Valérie Trierweiller acabou.

“Chegou ao fim”, estampa em sua manchete a VSD. A publicação traz um perfil da atriz, produtora, diretora de cinema e militante de esquerda, que faz "bater o coração" do presidente.

Em outras reportagens sobre os bastidores do escândalo, a imprensa francesa afirma ainda que o chefe de Estado teria proposto informar por comunicado o fim da união, mas a jornalista teria recusado. A atual primeira-dama francesa continua internada em um hospital parisiense devido ao “choque emocional” e tem se comunicado com Hollande apenas por mensagens de celular, por orientação dos próprios médicos.

A situação de Valérie suscita muitos questionamentos sobre seu estado de saúde e seu futuro no Palácio do Eliseu. Nenhuma data foi indicada para sua saída do hospital, mantida em segredo pela comunicação oficial da presidência. Segundo a imprensa, a companheira de Hollande está no hospital Pitié-Salpetrière. "Nada está definido. Os médicos são os responsáveis pela decisão", afirmou um conselheiro do Palácio presidencial. 

François Hollande visitou pela primeira sua companheira no hospital na noite desta quinta-feira. A informação, revelada pela rádio France Inter, foi confirmada pelo Palácio do Eliseu. Mas nenhum detalhe do encontro foi divulgado.

Protocolo
A situação criou um problema protocolar. François Hollande tem visita oficial aos Estados Unidos a partir do dia 11 de fevereiro. Para definir a programação da visita, o cerimonial da Casa Branca pressiona o Palácio do Eliseu para saber se o presidente francês vai acompanhado ou não ao encontro com Barack Obama.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI