França/ acidente

Seis pessoas seguem internadas após choque de trens na França

O TGV é um dos meios de transporte preferidos dos franceses.
O TGV é um dos meios de transporte preferidos dos franceses. REUTERS/Stephane Mahe

Seis pessoas permanecem internadas após a colisão entre dois trens na cidade francesa de Denguin, ocorrida nesta quinta-feira (17). Duas das vítimas estão em estado grave, mas não correm risco de morte. Ontem, no fim da tarde, um trem regional atingiu outro de alta velocidade, que fazia o trajeto entre Tarbes a Paris.  

Publicidade

No total, cerca de 240 passageiros estavam a bordo dos dois veículos – 178 viajavam no TGV e 60 no trem regional. Quarenta pessoas ficaram feridas e 13 foram levadas para os hospitais da região.

“Dois adultos estão em um estado considerado sério, mas estável”, afirmou Christophe Gautier, diretor do hospital de Pau, a 20 quilômetros do local da colisão. Segundo a polícia, as vítimas sofreram “lesões traumáticas abdominais”. O diretor do hospital informou ainda que duas crianças, entre elas um bebê, foram internadas mas agora “estão fora de perigo”.

Os trens foram isolados pela polícia, que apura as causas do acidente. As investigações começaram nesta sexta-feira. Os primeiros indícios apontam para um problema na sinalização das vias, conforme a companhia nacional ferroviária, SNCF. O diretor-geral da empresa, Guillaume Pepy, afirmou que o choque pode ter ocorrido porque um semáforo estaria bloqueado no vermelho.

O secretário de Estado dos Transportes, Frédéric Cuvillier, foi até o local para acompanhar as primeiras apurações. De acordo com uma fonte da polícia, os dois maquinistas dos veículos estão “chocados” e foram ouvidos logo após o acidente. Eles vão depor novamente nesta sexta-feira.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI