França/Imigração

Expulsão de imigrantes ilegais continua em alta na França

Centro de retenção administrativa para estrangeiros em  Mesnil-Amelot, norte de Paris.
Centro de retenção administrativa para estrangeiros em Mesnil-Amelot, norte de Paris. AFP / Stéphane de Sakutin

O resultado de um relatório realizado em conjunto por cinco ONGs francesas é taxativo: o governo francês continua a sua política de expulsão de estrangeiros em situação ilegal. No ano passado, houve uma alta de 15% nesses processos em relação a 2012, diz o estudo divulgado nesta terça-feira (18).

Publicidade

“A França prendeu e continua a prender pessoas estrangeiras, inclusive as mais vulneráveis”, diz trecho do relatório. As ONGs fizeram essa constatação a partir da visita a centros de retenção administrativa para onde são encaminhados os imigrantes em situação irregular. No ano passado, 45 mil pessoas ficaram detidas, incluindo 3.097 crianças. Em média, elas passaram 11 dias “privadas de liberdade”, revela o relatório.

“Prender para expulsar”. Essa é a política do governo, na avaliação das associações. Mas, muitas vezes, essas expulsões significam apenas empurrar o problema para um país vizinho. “60% das expulsões foram realizadas tendo como destino um membro da União Europeia”, diz David Rohi, da ONG Cimade. "Essa máquina de expulsão tornou-se maluca e inadaptada. Essa política absurda não vai regular os fluxos migratórios”.

A situação das crianças é outro problema. Em 2013, 3.607 crianças foram detidas em centros de retenção contra 2.674 em 2012. Segundo o estudo, em Mayotte, departamento da França no Oceano Indico, as ONGs relatam casos de menores "em condições desumanas e sem acesso a um juiz ".

Brasileiros são presos em centros para estrangeiros na Guiana Francesa

Na França metropolitana, cidadãos de países africanos como Marrocos, Mali e Argélia são os mais numerosos nos centros de detenção. Já nos departamentos franceses ultramarinos, como a Guiana Francesa, são os brasileiros que aparecem em maior número. Ao todo, foram quase 1000 detenções no ano passado. O Brasil é o país com o qual a França  tem a maior fronteira terrestre.

 

 

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI