França/Hollande

Fotos de Hollande com atriz levantam polêmica sobre a segurança do presidente

Foto de François Hollande no palácio do Eliseu foi publicada na capa da revista Voici.
Foto de François Hollande no palácio do Eliseu foi publicada na capa da revista Voici.
Texto por: RFI
3 min

As fotos do presidente francês, François Hollande, ao lado da atriz Julie Gayet, divulgadas na capa de uma revista de fofocas na sexta-feira (21), levantaram uma polêmica sobre a segurança no palácio do Eliseu. A publicação insinua que as imagens foram feitas por paparazzi profissionais, mas elas também podem ter sido tiradas a partir do apartamento privativo do chefe de Estado, dentro da sede da presidência.

Publicidade

Onze meses após a revelação de sua relação com a atriz Julie Gayet, o presidente François Hollande tem seu rosto estampado novamente na capa de uma revista de fofocas. O chefe de Estado foi fotografado ao lado da atriz em uma mesa no terraço do palácio do Eliseu, sede da presidência. As imagens podem ter sido realizadas por alguém posicionado dentro do apartamento privativo do líder francês.

A presidência estaria investigando essa hipótese, já que o ângulo das fotos, mesmo que feitas à distância e aumentadas para a publicação, levam a crer que o fotógrafo poderia estar dentro do apartamento de Hollande. No entanto, apenas alguns membros do pessoal teriam acesso ao local, principalmente no fim de semana, quando a imagem teria sido realizada. Segundo informações apuradas pelo Journal du Dimanche, 12 funcionários do Eliseu já estariam na lista dos suspeitos de terem feito as fotografias, que datam de outubro.

Em entrevista ao site da revista Le Point, a redatora-chefe de Voici, Marion Alombert, se defende e afirma que os clichês foram feitos por um fotógrafo profissional. Ela explica que há dois ou três locais, em prédios vizinhos do palácio, conhecidos dos paparazzi, que teriam um ponto de vista privilegiado. Segundo ela, “essas fotos não foram feitas dentro do Eliseu e não vêm de ninguém próximo do presidente, como alguns insinuam”.

Questionado sobre a questão da segurança do líder francês, o palácio do Eliseu preferiu não se manifestar. Mas em entrevista ao jornal Le Figaro, o chefe da segurança da presidência, Christian Prouteau, admitiu que houve “um defeito impensável no esquema de proteção” de Hollande.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI