Acesso ao principal conteúdo
França/Discriminação

Atos antissemitas aumentaram 100% na França em 2014

Judeus ortodoxos nas ruas de Paris.
Judeus ortodoxos nas ruas de Paris. AFP PHOTO / MIGUEL MEDINA
Texto por: RFI
2 min

O número de atos antissemitas na França dobrou em 2014 em comparação com 2013. A alta registrada no ano passado foi de 101%, revelou nesta terça-feira (27) o Conselho das Instituições Judaicas da França (Crif).

Publicidade

O órgão informou que 851 atos antissemitas foram registrados na França em 2014, contra 423 em 2013. O cálculo foi feito pelo Serviço de Proteção da Comunidade Judaica (SPCJ) com base nos dados do ministério francês do Interior. A alta dos atos seguidos de violência física foi ainda mais significativa e atingiu 130%.

Segundo o Crif, 51% dos atos de racismo na França são cometidos contra judeus. A comunidade judaica, porém, representa menos de 1% da população total do país.

“Infelizmente, essa tendência confirma a persistência e mesmo o reforço do preconceito antissemita na França”, declarou o órgão. O Crif indicou ainda que essa radicalização crescente tem transformado o insulto em violência e a violência em terrorismo”, numa referência ao ataque contra a mercearia judaica em Paris, em 9 de janeiro.

Auschwitz

Os dados foram divulgados justamente em um dia em que a Europa comemora os 70 anos da liberação do campo de concentração de Auschwtiz, na Polônia. Na manhã desta terça-feira (27), durante cerimônia no Memorial do Holocausto em Paris, o presidente François Hollande denunciou esse aumento dos atos antissemitas que é “uma realidade insuportável” na França. Ele anunciou o reforço das sanções contra o racismo e o antissemitismo. François Hollande tentou tranquilizar os judeus franceses, que representam a primeira comunidade judaica da Europa, garantindo que a “França é a pátria deles”.

Na tarde desta terça-feira, juntamente com outros chefes de Estado, membros de famílias reais europeias e sobreviventes, François Hollande participa da cerimônia em Auschwitz para comemorar os 70 anos de liberação do campo de concentração nazista, em 27 de janeiro de 1945, por soldados soviéticos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.