Acesso ao principal conteúdo
França

Greves em todo o país paralisam a França

Greves em França contra a Lei Laboral.
Greves em França contra a Lei Laboral.
Texto por: Marco Martins
2 min

Esta quinta-feira 31 de Março é mais um dia de manifestações contra a lei El Khomri. Quatro sindicatos de trabalhadores, bem como organizações de estudantes, fizeram um apelo para que todos os franceses desçam à rua para retirar o projecto de lei laboral.

Publicidade

As concessões do Governo após as precedentes mobilizações não mudaram nada: as diferentes organizações continuam a não aceitar o projecto de lei laboral.

O Governo, aliás, já recuou numa das principais medidas: uma indemnização máxima fixa em caso de despedimento.

No entanto para vários sindicatos o problema é a filosofia geral do projecto de lei que foi baptizado por várias pessoas como sendo uma "lei desemprego e precaridade".

Os manifestantes esperam ser ouvidos pelo Parlamento visto que o texto está na posse dos parlementares. De notar que a ministra do Trabalho, Myriam El Khomri, apresentou na terça-feira o texto perante a comissão dos assuntos sociais da Assembleia Nacional.

Confrontos no Oeste da França

Confrontos entre manifestantes e a polícia ocorreram no Oeste da França, em Rennes e Nantes. Jovens atiraram pedras e garrafas sobre a polícia que respondeu com gases lacrimogénios. Em Paris, uma dezena de indivíduos encapuzados entraram na manifestação e foram apreendidos após desacatos, afirmou a polícia.

De referir que um novo dia de manifestações já está previsto para sábado 9 de Abril.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.