Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Karim Benzema lança nova polémica

Karim Benzema, avançado francês, com a camisola do Real Madrid.
Karim Benzema, avançado francês, com a camisola do Real Madrid. REUTERS/Juan Medina
Texto por: Marco Martins
2 min

O avançado francês, Karim Benzema, que não foi seleccionado para o Campeonato da Europa de futebol que decorre em França, afirmou que Didier Deschamps, o seleccionador nacional, cedeu à França racista.

Publicidade

Na entrevista concedida ao jornal espanhol Marca, Karim Benzema, avançado francês do Real Madrid, recordou que o partido de extrema direita, a Frente Nacional, chegou no segundo lugar nas duas últimas eleições.

O avançado da Selecção Francesa acrescentou que não sabe se foi realmente uma decisão própria de Didier Deschamps, em afastá-lo, porque Karim Benzema dá-se bem com o seleccionador e com o presidente da Federação, Noël Le Graët. Para o avançado do Real Madrid, o treinador da Selecção Francesa cedeu à França racista.

Ouça a reacção de Noël Le Graët, presidente da Federação Francesa de futebol.

 

Para fechar Karim Benzema afirmou que foi declarado não-seleccionável, mas que não entende o porquê do ponto de vista desportivo. Do ponto de vista judiciário, já que ainda não foi julgado, e sendo presumido inocente, o jogador conclui alegando que a França vai abrir os olhos e ver que foram injustos com ele.

Recorde-se que o avançado do Real Madrid está implicado num caso de chantagem a outro jogador gaulês, Mathieu Valbuena, por causa de uma gravação vídeo de cariz sexual.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.