Acesso ao principal conteúdo
Revista de Imprensa

França tem falta de médicos

Áudio 03:35
Primeiras páginas dos jornais franceses de 02 de junho de 2016
Primeiras páginas dos jornais franceses de 02 de junho de 2016 RFI
Por: João Matos
6 min

Vamos ver os principais destaques da actualidade francesa e mundial nos jornais franceses nacionais, que passam pela penúria de médicos em França, o referendo britânico sobre o futuro do país na Europa ou o conflito israelo-palestiniano. LE MONDE,  faz o seu principal título com a França que vai perder um médico de família em cada quatro em 20 anos. O número de médicos de clínica geral diminuiu 8.4 por cento entre 2007 e 2016, anunciou a ordem nacional dos médicos. Esta queda é inexorável e preocupante e vai durar até 2025, nota LE MONDELE FIGARO, titula Brexit: os britânicos sob pressão internacional, Obama, Merkel e Lagarde lançam apelos aos britânicos para a necessidade de se manter o Reino Unido, na União europeia. Mas sondagens multiplicam-se e há um empate técnico sobre o referendo do dia 23 deste mês sobre a permanência ou não do país na União europeia, sublinha LE FIGARO.Por seu lado, LE MONDE dá relevo ao conflito israelo-palestiniano apelando à saída do status quo, durante a reunião que Paris organiza amanhã para relançar o processo de paz no Médio oriente.Enfim em relação à África, LE MONDE faz um retrato de Mohamed Abdelaziz, chefe da Frente Polisário, primeiro líder há 40 anos e que reivindicava a independência para o Sara ocidental.Ele desapareceu a 31 de maio, morto com a idade de 68 anos. A Argélia que acolheu o governo no exílio da República árabe sarauí democrática decretou luto nacional de 8 dias, sublinha LE MONDE. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.