Acesso ao principal conteúdo
França

Paris apresenta novo campo de refugiados

MATTHIEU ALEXANDRE / AFP
Texto por: Lígia ANJOS
3 min

Paris vai abrir, em meados do próximo mês de Outubro, o primeiro campo de refugiados que vai ter capacidade de acolher cerca de 400 homens.

Publicidade

Estima-se que 50 migrantes cheguem todos os dias a Paris. Esta manhã, a Presidente da Câmara Municipal de Paris, Anne Hidalgo, descreveu em detalhe as funções e missões deste campo de refugiados.

O centro de emergência está a ser construído nas antigas instalações ferroviárias na zona norte de Paris e vai substituir os campos improvisados que, paulatinamente, continuam a aparecer pela capital francesa.

O anuncio foi feito pela Presidente da Câmara Municipal de Paris, Anne Hidalgo, que já tinha confirmado a construção deste campo, em Maio passado, e que alertou, esta manhã, para o facto de os refugiados que pretendam obter asilo terem de passar obrigatoriamente por este campo , entre cinco a dez dias, para receber cuidados médicos e psicológicos - sobretudo as pessoas mais frágeis.

"Pensamos, evidentemente, nas mulheres e nas crianças que precisam de um maior acompanhamento. Uma vez que temos conhecimento de que há uma vulnerabilidade particular e, nomeadamente, as redes de passadores misturam estas redes com a prostituição e é absolutamente necessário proteger estes públicos mais frágeis", afirmou Anne Hidalgo que afirmou ainda que este centro de refugiados de Paris vai custar 6,5 milhões de euros com vista a tirar os refugiados das ruas.

Crónica sobre campo de refugiados em Paris

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.