Política /França/Rússia

Vladimir Putin anula visita à França

Vladimir Putin, Presidente  da Federação da Rússia.Moscovo. 06 de Outubro de 2016
Vladimir Putin, Presidente da Federação da Rússia.Moscovo. 06 de Outubro de 2016 Ivan Sekretarev/Reuters

A tensão diplomática entre Paris e Moscovo relativa à guerra civil na Síria culminou nesta terça-feira, com a anulação pelo Presidente Vladimir Putin de uma visita prevista de longa data. Na origem do cancelamento da viagem do Chefe de Estado russo, estão as condições impostas pela França após alguns dias de hesitação. A presidência francesa informou à sua homóloga russa, que o único evento possível entre Vladimir Putin e François Hollande seria uma reunião de trabalho sobre a Síria.

Publicidade

                                                        

 De acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, o Presidente Vladimir Putin decidiu anular a viagem à França, durante a qual ele devia inaugurar em Paris uma grande catedral ortodoxa, mas ele está disposto a visitar Paris, logo que o Presidente Hollande sentir-se à vontade para recebê-lo. O Chefe de Estado francês anunciou que também está pronto para se avistar com o seu homólogo russo à margem da reunião do Conselho da Europa . François Hollande declarou perante a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa em Strasbourg, que o diálogo com a Rússia é necessário , mas que o mesmo deve ser firme e franco, sublinhando que existem importantes divergências entre Paris e Moscovo no respeitante ao conflito sírio.

 O desacordo entre a França e a Rússia foi concretizado pelo veto de Moscovo à uma resolução francesa na ONU, preconizando o fim do bombardeamento sobre Aleppo. A Rússia apresentou uma proposta diferente e considerou que a resolução da França favorecia os rebeldes em luta contra o regime de Damasco.

A decisão francesa de estabelecer condições à visita de Vladimir Putin, foi precedida por um período de hesitação durante o qual François Hollande interrogou-se sobre a oportunidade de acolher o seu homólogo russo no dia 19 de Outubro em Paris , devido aos "crimes de guerra" cometidos pelo regime de Bashar al-Assad em Aleppo com o apoio da Rússia.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI