Acesso ao principal conteúdo
Convidado

França tem novo primeiro-ministro "fiel a Hollande"

Áudio 07:04
Bernard Cazeneuve, 26 de Novembro de 2016, em Estrasburgo.
Bernard Cazeneuve, 26 de Novembro de 2016, em Estrasburgo. REUTERS/Vincent Kessler
Por: Carina Branco

O governo francês tem um novo chefe, Bernard Cazeneuve, depois de Manuel Valls ter dado o pontapé de saída para a corrida às eleições presidenciais em França. Para o historiador Victor Pereira, a escolha de Cazeneuve prende-se com a vontade do presidente François Hollande de terminar o mandato com “uma pessoa fiel”.

Publicidade

Bernard Cazeneuve, “uma pessoa fiel” ao presidente François Hollande, é o novo primeiro-ministro francês, num sinal claro da linha política a adoptar nos últimos cinco meses antes das eleições presidenciais. A luta contra o terrorismo é a prioridade daquele que esteve no ministério do Interior e teve de fazer face ataques terroristas em Paris e Nice.

Victor Pereira, historiador e professor auxiliar na Universidade de Pau, falou à RFI sobre a remodelação governamental, a candidatura de Manuel Valls às primárias da esquerda e a vontade de François Hollande em “não ficar na história como o presidente que não passou sequer nas primárias”.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.