Revista de Imprensa

"A direita e a esquerda face à tentação Macron"

Capas dos diários franceses 09/05/2017
Capas dos diários franceses 09/05/2017

“A direita e a esquerda face à tentação de Macron”, títula do jornal Le Monde esta terça-feira. O diário escreve que Manuel Valls anunciou a intenção de ser candidato nas legislativas da maioria presidencial em Ivry.Por sua vez, refere o jornal, os socialistas e os republicanos estão mais divididos do que nunca, no que refere ao posicionamento a adoptar face ao presidente eleito no dia 7 de Maio.Outra unidade que começa a apresentar fissuras é a da Frente Nacional. Se por um lado há quem fale no resultado histórico que o partido obteve na segunda volta das presidenciais, por outro há quem defende que a progressão poderia ter sido maior. Lê-se no Le Monde.O jornal l'Humanité chama à capa a reforma do código de trabalho com o título: “A primeira vítima do presidente Macron é Você”. O diário escreve que o presidente eleito está empenhado em por em marcha a reforma da lei do trabalho, contudo as legislativas são a primeira etapa para o travar.“Governo, legislativas: Macron arregaça as mangas” é o titulo do Le Figaro. O diário que escreve que o Presidente eleito, que vai substituir François Hollande este domingo, dispõe de pouco tempo para constituir a equipa governamental e definir a estratégia do movimento em Marcha para o escrutínio de Junho.“E agora, a terceira volta”, titula o Aujourd'hui en France, numa alusão às legislativas do mês de junho. Recentemente eleito, Emmanuel Macron procura agora obter maioria na Assembleia Nacional, tarefa complicada, diz o diário.O Aujourd'hui en France escreve que Macron deve apresentar os candidatos às legislativas na quinta-feira, contudo, os eleitores não querem que Emmanuel Macron obtenha maioria no parlamento, uma situação inédita na quinta República.Em letras garrafais, na capa do Libération “Grande alarido nos partidos eliminados na primeira volta das presidenciais”. O PS e os Republicanos gostariam de renascer nas legislativas.O diário que chega hoje às bancas com um suplemento semanal New York times que faz a leitura norte-americana à eleição de Emmanuel Macron.“Tudo começa” na capa do La Croix. Eleito com 66,1% dos votos Emmanuel Macron não irá beneficiar de nenhum estado de graça, o novo chefe de Estado que terá como prioridade reconciliar os franceses.O diário católico dedica onze páginas à eleição presidencial fazendo referência às fraquezas, aos desafios e reformas de Emmanuel Macron, não esquecendo as manobras políticas com vista à legislativas.“Dar o tudo por tudo”, escreve o L'EQUIPE numa referência ao encontro da Juventus com o Mónaco. O duelo terá lugar em Turim no jogo da segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões, em futebol. No primeiro jogo os italianos venceram os franceses, no terreno destes, por 2-0.