França

Assembleia francesa dá luz verde a governo de Édouard Philippe

Primeiro-ministro francês Édouard Philippe
Primeiro-ministro francês Édouard Philippe Assembleia Nacional

O primeiro-ministro francês discursou esta tarde na Assembleia Nacional. O governo de Édouard Philippe obteve, com larga maioria, a aprovação da moção de confiança da Assembleia com 370 votos a favor e 67 contra.

Publicidade

Ontem, no congresso em Versalhes, o Presidente francês Emmanuel Macron, atribuiu ao seu primeiro-ministro a responsabilidade de entregar a cada ministro do Governo “objectivos claros para serem cumpridos" e Édouard Philippe cumpriu o pedido.

Impostos, saúde, educação, refugiados foram alguns dos principais temas destacados pelo ex-deputado e ex-presidente da Câmara de Havre, Édouard Philippe.

O Governo francês vai reduzir o imposto sobre as empresas de 33% para 25% até 2022, anunciou o primeiro-ministro francês.

Édouard Philippe lembrou que a dívida francesa atingiu um "nível insuportável" no valor de 2.147 biliões de euros.

O governo prometeu acabar com "o vício francês para a despesa pública" e pretende o défice orçamental abaixo de 3% em 2017.

Políticas migratórias

O executivo de Édouard Philippe apresentará na "próxima semana" políticas para a imigração, "as pressões que se exercem sobre as nossas fronteiras provoca tensões ascendentes e de grande perigo para a ordem pública. Perante essa situação, a França foi incapaz de cumprir as suas obrigações jurídica e moral. Na próxima semana o governo tomará medidas para responder à três exigências: à de dignidade, à eficácia, assim como de à solidariedade e responsabilidade. Trata-se de ver o mundo tal qual ele é sem negar o que nós somos."

Primeiro-Ministro de França,Edouard Philippe 04.07.2017

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI