Acesso ao principal conteúdo
França

França: Édouard Philippe, primeiro teste televisivo

Édouard Philippe, primeiro-minsitro francês.
Édouard Philippe, primeiro-minsitro francês. Thomas Samson / AFP
Texto por: Marco Martins
2 min

Édouard Philippe, o primeiro-ministro francês estava na quinta-feira 28 de Setembro, na televisão pública, France 2, para a sua primeira longa emissão enquanto chefe do Governo. Édouard Philippe defendeu as suas escolhas em termos de orçamento, assegurando que ia dar novamente poder de compra aos franceses. Ainda nessa emissão o primeiro-ministro enfrentou o opositor Jean-Luc Mélenchon, líder da França Insubmissa.

Publicidade

Durante duas horas Édouard Philippe, primeiro-ministro fancês, defendeu as suas reformas, em particular o orçamento de Estado para 2018. Isto antes do debate com a oposição que tinha por rosto Jean-Luc Mélenchon.

Um debate que mostrou diferenças profundas entre os dois homens, sobretudo na reforma da Lei laboral. Para Jean-Luc Mélenchon, a lei vai aumentar a precaridade, sublinhando que a Alemanha não é um modelo a seguir.

Posições que não são partilhadas pelo primeiro-ministro: “Se a situação fosse boa no país, isso seria do conhecimento público (…). Mas não é o caso. A França não está em boa postura. Há muito tempo que há um desemprego de massa, é uma característica da nossa sociedade, da nossa economia (…). A pobreza existe em França e noutros países. O nosso objectivo é consertar o país, e para consertar o país quero dar um novo impulso, criando crescimento, aumentando o poder de compra dos activos. Eu gostaria que estivéssemos na situação da Alemanha. Gostaria de só ter 60% de dívida pública e não 98%. E preferia que houvesse menos desemprego em França”, concluiu Édouard Philippe.

Ouça as declarações do primeiro-ministro francês.

Édouard Philippe, primeiro-ministro francês

Não houve vencedor nesse duelo de cerca de 20 minutos. Um debate pouco feroz, sem muita agressividade entre os dois homens, estando de acordo com os seus desacordos.

Para Matignon, o primeiro-ministro conseguiu desfazer-se deste primeiro grande teste e mostrou-se ao povo francês que o conhece pouco, ele que está na sombra do Presidente, Emmanuel Macron.

No entanto Édouard Philippe não foi tão convincente, sendo pouco claro sobre assuntos considerados primordiais como a procriação medicamente assistida (PMA).

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.