Acesso ao principal conteúdo
Andebol

Andebol: Welsau Bungué, luso-guineense procura sucesso

Andebol luso em França é representado por Welsau Bungué e Wilson Davyes.
Andebol luso em França é representado por Welsau Bungué e Wilson Davyes. LOIC VENANCE / AFP
Texto por: Marco Martins
4 min

A África Lusófona está representada por dois atletas na primeira divisão francesa, Welsau Bungué e Wilson Davyes. Dois luso-guineenses que estão a dar cartas no Massy e no Dunkerque respectivamente.

Publicidade

A Liga Francesa de andebol entrou na quarta-feira 11 de Outubro na quinta jornada do campeonato.

Na liderança está o Montpellier com 10 pontos, cinco vitórias em cinco jogos, que tem dois pontos de vantagem sobre o Aix, o Nîmes e o Paris Saint-Germain, no entanto este último tem um jogo em atraso que decorre esta quinta-feira frente ao Saran.

De destacar dois outros clubes, o Dunkerque e o Massy, que contam nas suas fileiras com dois luso-guineenses, Wilson Davyes e Welsau Bungué respectivamente.

O Dunkerque venceu o Nantes, ontem em casa, por 30-22, com um golo apontado por Wilson Davyes, enquanto o Massy empatou a 24 golos frente ao Ivry, numa partida em que Welsau Bungué não apontou nenhum tento.

Na tabela classificativa o Dunkerque ocupa o quinto lugar com sete pontos, enquanto o Massy está no décimo primeiro lugar com dois pontos.

A RFI falou com Welsau Bungué, atleta que nasceu na Guiné-Bissau, sobre o resultado final frente ao Ivry e também sobre a sua carreira atípica, mas igualmente da ligação que mantém com o país de origem.

Welsau Bungué, atleta do Massy

Na próxima jornada, a 18 de Outubro, o Dunkerque recebe o Cesson-Rennes, enquanto o Massy acolhe o Toulouse.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.