França/Líbano

França: PM demissionário libanês Saad Hariri em Paris

O presidente francês Emmanuel Macron (direita) e o primeiro-ministro demissionário libanês Saad Hariri (esquerda).
O presidente francês Emmanuel Macron (direita) e o primeiro-ministro demissionário libanês Saad Hariri (esquerda). REUTERS/Gonzalo Fuentes

O presidente francês Emmanuel Macron recebeu neste sábado o primeiro-ministro demissionário libanês Saad Hariri no palácio presidencial do Eliseu para uma reunião.

Publicidade

O primeiro-ministro demissionário libanês Saad Hariri foi recebido com as honras de um primeiro-ministro poucas horas depois da sua chegada a França vindo de Riade, na Arábia Saudita, onde a 4 de Novembro anunciou a sua demissão.

Antes de receber Saad Hariri, Emmanuel Macron falou por telefone com o presidente libanês Michel Aoun, que "agradeceu a acção da França a favor do Líbano", segundo afirmou o Eliseu.

Michel Aoun confirmou igualmente que Saad Hariri "estará em Beirute a 22 de Novembro, dia da festa nacional".

Recorde-se que desde o anúncio da sua demissão, houbve muita especulação em torno da permanência de Saad Hariri na Arábia Saudita e de não regressar ao Líbano para formalizar a demissão ao presidente da República.

Saad Hariri justificou a sua demissão com os laços entre o Irão e o Hezbollah no Líbano, temendo pela sua própria vida.

A demissão de Saad Hariri foi interpretada como uma nova luta de poderes entre a Arábia Saudita sunita e o Irão xiita.

Ouça a Crónica sobre a chegada de Saad Hariri.

Crónica de Marco Martins

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI