Artes

Cannes: um festival de muitos cinemas

Áudio 17:17
O realizador japonês Hirokazu Kore-eda com a Palma de Ouro 2018 para «Shoplifters» (Manbiki kazoku, ou Assunto de família) com Cate Blanchett, presidente do júri do 71° Festival de Cannes.
O realizador japonês Hirokazu Kore-eda com a Palma de Ouro 2018 para «Shoplifters» (Manbiki kazoku, ou Assunto de família) com Cate Blanchett, presidente do júri do 71° Festival de Cannes. REUTERS/Eric Gaillard

Foi há uma semana que caía o pano em Cannes sobre a sua 71a edição do festival de cinema.O produtor português Eduardo Costa voltou a marcar presença no certame do sul da França com novo documentário sobre a história do século XX do arquipélago da Madeira, desta feita com "A revolta do leite", no Short Film corner.No mesmo evento era exibido também "Terra Besta" do jovem realizador luso Hugo Magro.