Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos / Iraque

Última brigada de combate norte-americana deixa o Iraque

Soldado norte-americano se prepara para deixar o Iraque.
Soldado norte-americano se prepara para deixar o Iraque. REUTERS
Texto por: RFI
2 min

Segundo o porta-voz do exército, as últimas tropas de combate dos Estados Unidos cruzaram a fronteira do Iraque com o Kuwait na manhã desta quinta-feira. Cerca de 56 mil soldados ainda permanecem em território iraquiano para formar os militares do país.

Publicidade

Os soldados se instalaram no Kuwait, onde vários campos militares e uma base naval foram criados, em 2003, quando os Estados Unidos invadiram o Iraque. Em entrevista à televisão norte-americana durante a operação desta madrugada, o porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley, disse que as relações entre os dois países viviam um momento histórico. Entre 2006 e 2007 os Estados Unidos chegaram a ter mais de 165 mil soldados no Iraque.

O general Stephen Lanza explicou que as operações de combate vão se transformar em operações de estabilização. "Nosso engajamento no Iraque ainda terá longa duração", disse ele. Todas as tropas norte-americanas devem deixar o território iraquiano até o final de 2011. A retirada faz parte de um acordo assinado entre Washington e Bagdá.

O presidente Barack Obama parabenizou no site da Casa Branca o fim da missão de combate no Iraque, apesar das críticas feitas pelo chefe das forças internacionais e norte americanas no país, o general David Petraeus, para quem a retirada total dos soldados ainda é prematura. O próprio chefe do Estado Maior iraquiano, o general Babaker Zebari, acredita que o exército do Iraque precisa de dez anos, no mínimo, para ter autonomia e garantir sozinho a segurança do país.

Cerca de 4.400 soldados norte-americanos morreram desde 2003 durante os conflitos no Iraque.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.