Jornais franceses analisam crise política no Egito

A crise política no Egito é destaque em toda a imprensa francesa desta terça-feira.
A crise política no Egito é destaque em toda a imprensa francesa desta terça-feira. RFI
Texto por: Leticia Constant
2 min

Para a maioria dos diários, esta terça-feira será decisiva para a história do país, com a grande marcha programada pela oposição para exigir a partida do presidente Hosni Moubarak.

Publicidade

O dia do povo. Esta é a manchete do jornal de esquerda Libération, que dedica sete páginas à rebelião, começando pela adesão do exército ao movimento. Diversos temas ligados à crise são abordados com entrevistas e comentários, como a coragem dos egípcios, o dia a dia das famílias que estocam alimentos temendo a penúria, uma análise profunda do partido islamita Irmandade Muçulmana, que tem 5 milhões de membros e está em conflito com o atual poder desde os anos 50. A posição dos Estados Unidos, que confiam no exército do país, e o pedido da União Europeia a Moubarak por um diálogo imediato com a oposição, demonstram que a comunidade internacional está respeitando as aspirações populares, escreve Libération.

Le Figaro, de direita, anuncia que o exército se distanciou de Moubarak e mostra fotos dos militares confraternizando com o povo.

Para onde vai o mundo árabe? indaga o jornal católico La Croix, que publica um dossiê especial de quatro páginas chamado "A sede de justiça desperta o mundo árabe". Em um trabalho editorial que merece elogios, são analisados os governos de todos os países da região: Argélia, Arábia Saudita, Jordânia, Líbano, Líbia, Marrocos, Mauritânia, Sudão, Síria, Tunísia, Iêmen, Emirados Árabes. "Revolução, revoluções", comenta o artigo, observando que o que se passa hoje na Tunísia e Egito, pode passar amanhã nos outros países da área.

O econômico Les Echos fala do impacto da crise egípcia no preço do petróleo. O barril ultrapassou a casa dos US$100 neste começo de semana, o nível mais alto dos últimos 28 meses. O suplemento econômico do Figaro complementa que os mercados estão febris, da Ásia à Europa, e que os investidores temem que falte gás e petróleo para o abastecimento mundial.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI