Situação japonesa alerta o mundo sobre riscos do nuclear

O drama dos japoneses é título do jornal Le Figaro
O drama dos japoneses é título do jornal Le Figaro figaro.fr

A situação do Japão após o terremoto e o tsunami de sexta-feira continua em manchete na imprensa francesa, onde os jornais se questionam sobre uma possível catástrofe nuclear no país e os riscos das usinas que geram esse tipo de energia no resto do mundo. Todos os jornais trazem reportagens sobre a destruição das cidades pela onda gigante e as dificuldades que a população enfrenta para se reconstruir. Mas as conseqüências do episódio para a imagem do setor nuclear tomam cada vez mais espaço nos jornais.

Publicidade

"O drama japonês ameaça o futuro do nuclear", pode-se ler na capa do Figaro. O diário explica que após a explosão dos reatores de Fukushima, vários países começaram a debater os riscos das usinas nucleares em seus territórios. Mesmo tom nas páginas do Libération que relata que alguns países já decidiram suspender os programas de construção e de renovação de suas centrais nucleares.

O diário La Croix enfoca a situação econômica do Japão após a catástrofe. Segundo o jornal, o terremoto atingiu todo o aparelho industrial japonês e agora o Banco Central do país tenta apoiar a economia para conter a alta do yen, a moeda do país. O econômico Les Echos analisa que o índice Nikkei, a bolsa de valores japonesa, sofreu a maior queda dos últimos dois anos. No entanto, o jornal diz que apesar da situação, os mercados internacionais não cederam ao pânico.

Libération também traz reportagem sobre os japoneses e estrangeiros que tentam deixar Tóquio. O jornal conta que as estações de trem e os aeroportos foram invadididos pela população, que tenta fugir da capital para as cidades de Osaka, Kyoto oupara a ilha de Kyushu. "As companhias aéreas aproveitam da bagunça para aumentar os preços das passagens", relata o jornal.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI