Atentato/ Israel

Atentado mata ao menos uma pessoa em Jerusalém

Explosão aconteceu em uma estação rodoviária de Jerusalém.
Explosão aconteceu em uma estação rodoviária de Jerusalém. Reuters

Um atentado a bomba matou uma mulher e deixou pelo menos 31 feridos, dois deles com gravidade, na principal estação rodoviária de Jerusalém. Fazia mais de três anos que a capital israelense não sofria ataques.

Publicidade

O ministro israelense da Segurança Interior, Yithzak Aharonovitch, relatou que a bomba estava dissimulada em uma bolsa, abandonada ao lado de uma cabine telefônica e próximo a dois ônibus estacionados, onde os passageiros aguardavam a partida.

As janelas dos ônibus estouraram-se com o impacto do explosivo. Um dos veículos transportaria os passageiros para a colônia judia de Maale Adoumim, na Cisjordânia, de acordo com testemunhas do atentado. A polícia traçou um cordão de isolamento em torno dos ônibus e iniciou as buscas por outras bombas que estejam escondidas na região.

No último atentado ocorrido na cidade, em 6 de março de 2008, um palestino atacou um centro de estudos em Jerusalém oeste, matando oito pessoas e deixando nove feridas. O autor do atentado foi morto.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI