Líbia/Insurgentes

Forças de Kadafi impedem a entrada dos insurgentes em Sirte

Rebeldes fogem das forças do regime, que combatem em Sirte, a cidade natal do ditador Muammar Kadafi.
Rebeldes fogem das forças do regime, que combatem em Sirte, a cidade natal do ditador Muammar Kadafi. Reuters

Os opositores ao regime líbio não conseguiram tomar Sirte, a cidade natal de Muammar Kadafi. As forças do ditador também bombardearam nesta segunda a cidade de Misrata, no oeste do país.

Publicidade

Com o apoio dos bombardeios da coalizão internacional, os opositores avançaram rapidamente durante o fim de semana do leste para o oeste do país, onde fica a capital Trípoli. Mas nesta segunda-feira as forças leais a Muammar Kadafi barraram o avanço dos insurgentes em direção a Sirte, cidade natal do ditador.

Em apenas dois dias, insurgentes recuperaram o controle de Ajdabiya, cidade estratégica ao sul de Benghazi. Em seguida eles retomaram das forças pró-Kadafi os terminais petrolíferos de Brega e Ras Lanuf, assim como a cidade de Ben Jawad na direção de Sirte.

Jornalistas estrangeiros que estão em Sirte afirmam ter ouvido nove fortes explosões durante a madrugada de domingo para segunda. De acordo com o canal de televisão Al Djazira, os insurgentes tomaram a cidade de Nofilia, próxima de Sirte, na manhã desta segunda. Já as forças do regime bombardearam Misrata, no oeste do país.

Qatar reconhece CNT

Nesta segunda Doha reconheceu o Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão de regrupa os líderes da oposição. O Catar, que participa da operação militar da coalizão, se torna assim o primeiro árabe a apoiar os oposicionistas.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI