Acesso ao principal conteúdo
Final de Ano

Mundo festeja a chegada de 2012

Queima de fogos marca a chegada de 2012 em Sidney, na Austrália.
Queima de fogos marca a chegada de 2012 em Sidney, na Austrália. REUTERS/Daniel Munoz
Texto por: RFI
3 min

As celebrações para a chegada de 2012 começaram em muitos países antes mesmo de os relógios marcarem meia-noite. A tradicional queima de fogos em Sidney, na Austrália, deu o tom da contagem regressiva para 2012. Em Paris, milhares de franceses e turistas passam a virada do ano nos arredores da Torre Eiffel e na avenida do Champs Elysées. O governo francês mobilizou 60 mil policiais, bombeiros e pessoal médico para prestar assistência durante as festas em todo o país. 

Publicidade

Qualquer que seja a cultura, a chegada do ano novo é motivo de festa em todo mundo, mesmo em países que adotam outro tipo de calendário. Prova disso é que das areias de Copacabana ao Nepal, milhões de pessoas preparam festas para acolher 2012.

Imagens da espera de 2012

 

As Ilhas do Pacífico Sul e a Nova Zelândia já entraram no novo ano seguidas pela Austrália que acolhe 2012 com mais de 1 milhão de pessoas às margens da bacia de Sidney.  Cada lugar do mundo, à sua moda, festeja a passagem do ano. Confira as festas mais tradicionais ou insólitas.

 

Japão

As famílias aproveitaram a data para visitarem templos. Neste ano, a tragédia de Fukushima marcou diversas manifestações religiosas pelo país. E, como é costume no Japão, ao ano que passou é atribuído um ideograma. O escolhido para simbolizar 2011 foi "kizuna", que significa "elo".

Nova York

Além da clássica comemoração no Times Square com a queda da bola de cristal à meia-noite, a cidade americana prepara várias festas para todos os gostos. Neste ano, é a excêntrica Lady Gaga que vai marcar a virada do ano oficial da cidade ao lado do prefeito Michael Bloomberg. Para os amantes de ópera, o Metropolitan Opera de New York terá uma noite de gala com o tenor Placido Domingo. Patti Smitti e a lenda viva do rock Chuck Berry também fazem shows na cidade.

Paris

Em toda cidade, festas dos mais diversos estilos são organizadas. Mas, a opção mais tradicional e apreciada pelos milhares de turistas que estão na cidade é a comemoração do Réveillon nos arredores da Torre Eiffel ou na avenida dos Champs Elysées. Por medida de segurança, os fogos de artifício são proibidos e também as garrafas de vidro, o que vai impedir os mais animados de estourar o champagne à meia-noite. Para dar conta da segurança, 10 mil policiais se concentram em pontos estratégicos na região parisiense. Ao todo, 60 mil policiais, militares, bombeiros e paramédicos estão de plantão no território francês. Durante toda a noite e a madrugada o metrô de Paris estará aberto ao público e é gratuito.

Rio de Janeiro

A queima de fogos na praia de Copacabana promete um espetáculo ecologicamente correto. Entre os diversos shows, a atração será o DJ francês David Guetta. Nas areias, os adeptos dos ritos religiosos afro-brasileiros também dão o tom da festa.

Viena

A Filarmônica de Viena recebe 2012 ao som de Strauss. Sob a batuta do maestro Mariss Jansons, os músicos executarão os clássicos do compositor com suas polkas e valsas. O concerto de Ano Novo de Viena é um dos mais tradicionais do mundo e é visto por milhões de espectadores pela televisão.
Strauss.

África do Sul

Segundo o costume local, as pessoas jogam eletrodomésticos e móveis usados pela janela. A prática, apesar de desencorajada pelas autoridades, provoca vários feridos todos os anos. A polícia do bairro popular de Hillbrow, em Joanesburgo, está em alerta para evitar acidentes.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.