Economia

Espanha anuncia plano de luta contra fraude fiscal

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, comprometeu-se a reduzir o déficit público do país.
O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, comprometeu-se a reduzir o déficit público do país. Reuters/Stringer

Duas semanas depois de sua ascensão ao poder, o governo conservador espanhol anunciou nesta quinta-feira um novo plano de combate às fraudes fiscais. A iniciativa faz parte do compromisso do premiê Mariano Rajoy de reduzir o déficit público do país.                                                             

Publicidade

Lutar contra as fraudes fiscais e reduzir o número de empresas públicas é o objetivo do novo pacote. As 400 empresas públicas espanholas acumulam uma dívida de 32 bilhões de euros, segundo o jornal econômico Cinco Dias. Em nível regional, as outras 2.600 empresas têm uma dívida de 15 bilhões de euros. Supressões e fusões não estão descartadas, assim como as privatizações. O governo também vai limitar a prática do pagamento em dinheiro líquido em certas transações, para evitar sonegações.

O primeiro-ministro Mariano Rajoy precisa de 40 bilhões de euros, sob forma de economias e altas de imposto, para reequilibrar o PIB projetado para este ano: 4,4%. Impedir as  fraudes fiscais pode trazer de volta aos cofres espanhóis cerca de 8,17 bilhões de euros, em 2012. 

Este é o segundo plano anunciado pela Espanha, em uma semana, para reduzir o déficit público e combater o rombo de 8% do PIB, mais alto do que o limite de 6% projetado para o ano de 2011.

No dia 30 de dezembro passado, ao anunciar um primeiro plano de cortes de gastos e aumento de impostos, a porta-voz do governo espanhol, Soraya Saenz de Santamaria, declarou que a medida era "o início do início". Hoje, o "início" continuou com a divulgação deste novo plano contra as fraudes fiscais.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI