Carnaval/ Brasil

Rio tem carnaval mais seguro, dizem jornais franceses

Passista de Vila Isabel durante desfile no Sambódromo do Rio, nesta segunda-feira.
Passista de Vila Isabel durante desfile no Sambódromo do Rio, nesta segunda-feira. REUTERS/Nacho Doce

Jornais franceses destacam, nesta segunda-feira, que os foliões saíram às ruas do Rio em uma cidade mais segura depois da pacificação das favelas. Também ganhou destaque a homenagem feita pela escola de samba Gaviões da Fiel ao ex-presidente Lula.

Publicidade

Sites e televisões francesas destacam que os foliões foram às ruas do Rio em “uma cidade mais segura depois da pacificação das favelas”. Segudo o site do jornal gratuito 20 Minutes, 12 mil policiais foram mobilizados para garantir a segurança do Rio, cidade escolhida para sediar as Olimpíadas de 2016.

O 20 Minutes também ressalta as oportunidades da festa. “O espetáculo gera 250 mil empregos e traz 640 milhões de dólares aos cofres da cidade”, afirma. O site reforça que cada escola gastou entre 3 e 5 milhões de dólares para preparar o desfile, que antes era financiado pela “máfia dos jogos clandestinos” mas que cada vez mais é patrocinado por grandes marcas.

Homenagem a Lula

O jornal Le Monde destacou a homenagem da Gaviões da Fiel a Lula. Segundo o jornal francês, o carnaval de São Paulo ainda não rivaliza com o do Rio de Janeiro, o de Salvador, o da Bahia ou de Recife, mas os paulistas se esforçam para entrar no páreo, “até mesmo homenageando o ex-presidente”, afirma.

Para Le Monde, a “carnavalização” de Lula significa a consacração do mandatário. O jornal ressalta que Lula, que não estava no cortejo seguindo conselhos médicos, foi representado no desfile por sua esposa Marisa. “Ele viu o espetáculo pela televisão e ficou emocionado”, explica o jornal. Segundo Le Monde, ainda que Lula tenha se retirado da política, “a comunicação sobre ele não pára”.

O Libération diz que a única sombra no carnaval de São Paulo deste ano foi a ausência do “muito popular” ex-presidente Lula, que está tratando um câncer da laringe e não pôde estar presente no desfile.

Os sites do Le Monde, do 20 Minutes e da tevê pública France 24 destacam também o record do bloco Bola preta, que ultrapassou o galo da madrugada levando mais de dois milhões de pessoas às ruas do Rio de Janeiro.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI