Imprensa francesa

Jornais comentam duelo de comícios entre Sarkozy e Hollande

Os candidatos à presidência francesa, François Hollande (e) e Nicolas Sarkozy (d).
Os candidatos à presidência francesa, François Hollande (e) e Nicolas Sarkozy (d). REUTERS/Philippe Wojazer

O confronto de comícios entre os dois principais candidatos à presidência da França neste domingo em Paris ocupa hoje as manchetes dos principais jornais do país. Os partidários de François Hollande, favorito nas pesquisas de intenção de voto, se encontraram diante do castelo de Vincennes, enquanto os eleitores de Nicolas Sarkozy se concentraram na praça da Concorde. De acordo com os organizadores, o candidato socialista e o presidente reuniram cada um cem mil pessoas.

Publicidade

Segundo Libération, a sete dias do primeiro turno a demonstração de força da UMP, o partido do governo, "não esconde a ausência de dinâmica da campanha do presidente". O jornal progressista afirma que "a direita ainda não sabe o que ela quer dizer aos franceses" e que a linha política do candidato Sarkozy se tornou cada vez mais "incompreensível" nas últimas semanas.

Le Figaro diz que duas visões do mundo se confrontaram ontem na capital francesa: "Aqueles que pensam que o passado conta mais do que o futuro estavam em Vincennes. Aqueles que consideram que ao olhar demais para trás podemos nos perder estavam na praça da Concorde", diz o editorial do jornal conservador. "Os franceses ainda têm uma semana para decidir. Eles podem escolher enfrentar o mundo tal como ele se tornou ou voltar para um mundo que não existe mais", conclui Le Figaro.

"Os candidatos mobilizam as multidões", diz a manchete de La Croix. O jornal católico publica hoje uma entrevista exclusiva com François Hollande sobre a moralização da vida pública e um perfil do presidente-candidato Nicolas Sarkozy. La Croix lembra que a uma semana do primeiro turno das eleições, um quarto dos franceses ainda se declaram indecisos.

O comunista L'Humanité dedica sua capa ao comício de Jean-Luc Mélenchon, candidato da Frente de Esquerda, no último sábado. Segundo o jornal, o evento reuniu 120 mil pessoas na praia do Prado, em Marselha, e marcou o início de uma semana decisiva para Mélenchon, que com sua rápida ascensão nas pesquisas foi a grande surpresa desta campanha eleitoral.

Já o jornal especializado em economia Les Echos informa que os mercados estão de olho nos dois principais candidatos à presidência. Segundo o diário, os operadores de mercado não revelam nenhuma preferência, mas alertam que vão vigiar de perto tudo o que se relaciona com os objetivos de retorno ao equilíbrio orçamentário.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI