França/ Eleições

Sarkozy quer apoio do BCE para incentivar crescimento econômico

O presidente-candidato Nicolas Sarkozy, durante comício em Paris no domingo (15).
O presidente-candidato Nicolas Sarkozy, durante comício em Paris no domingo (15). Reuters

A menos de uma semana do primeiro turno das eleições presidenciais francesas, o presidente-candidato Nicolas Sarkozy afirmou que, se reeleito, pedirá um maior apoio do Banco Central Europeu ao crescimento econômico. A proposta de Sarkozy, feita durante um comício no domingo em Paris, é uma resposta ao projeto do seu rival socialista, François Hollande, que promete renegociar o tratado de disciplina orçamentária assinado no começo de março pelos 25 Estados europeus.

Publicidade

Durante o comício, o presidente-candidato reafirmou que, ao contrário do rival socialista, não pretende renegociar o tratado Europeu. Consciente de que a Alemanha não aprovaria interferências na independência do Banco Central, Sarkozy afirmou também que não pretende propor reformas, mas apenas relançar o diálogo sobre a possibilidade de o euro ter uma taxa de câmbio mais atrativa para dinamizar as exportações europeias.

Sarkozy tinha apresentado esta proposta em 2007, mas teve que renunciar diante da oposição de Berlim.

François Hollande afirmou em entrevista a radio francesa France Info, nesta segunda-feira de manhã, que com esta proposta, Sarkozy declara que não fez as reformas necessárias.

O candidato socialista também disse que as afirmações feitas por seu rival, de que a França será atacada pelo mercado no caso de uma vitória da esquerda, são muito graves e provocam o medo dos mercados.

"Durante uma campanha eleitoral podemos utilizar argumentos contra os opositores, mas o interesse da França deve vir em primeiro lugar", afirmou Hollande. "Os franceses merecem melhor que o medo, eles merecem a esperança", completou.

O jornal especializado em economia, Les Echos, informou que os mercados estão de olho nos dois principais candidatos à presidência. Segundo o diário, os operadores de mercado não revelam nenhuma preferência, mas alertam que vão vigiar de perto tudo o que se relaciona com os objetivos de retorno ao equilíbrio orçamentário.
 

 

*Clique aqui para saber mais sobre os candidatos e regras das eleições presidenciais francesas e confira os bastidores em nossa galeria de imagens.
* Não deixe de navegar pela nossa série de matérias especiais e programas, aqui!
*Acompanhe nosso facebook, clicando aqui.
*Se você prefere o twitter, clique aqui.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI