Espanha/Crise

Iberia anuncia corte de 4.500 empregos

A companhia aérea espanhola Iberia anunciou nesta sexta-feira (9), um plano de reestruturação e o corte de 4.500 empregos.
A companhia aérea espanhola Iberia anunciou nesta sexta-feira (9), um plano de reestruturação e o corte de 4.500 empregos. Reuters/Paul Hanna

O International Airlinies Group (IAG), grupo que reúne a companhia britânica British Airways e a espanhola Iberia anunciou nesta sexta-feira um corte de 4.500 funcionários na empresa aérea espanhola. Até o dia 31 de janeiro do ano que vem, a direção e os sindicatos terão que chegar a um acordo. Se isso não ocorrer, a direção ameaça fazer um corte ainda mais radical.

Publicidade

Os cortes de emprego na principal empresa de aviação da Espanha são um golpe duro para o país, que sofre os efeitos da crise na zona do euro e já tem mais de 25% de sua população ativa desempregada.

O diretor da companhia aérea, Rafael Sanchez Lozano, afirmou, em comunicado, que a Iberia não é mais rentável e luta para sobreviver. Segundo ele a crise espanhola e europeia têm um impacto negativo na empresa, mas os problemas são de antes da crise. A companhia diz perder 1,7 milhão de dólares por dia, quase 3,5 milhões de reais. Com uma perda operacional de 262 milhões de euros este ano (quase 700 milhões de reais), a Ibéria pesa nas contas do grupo, já que a British Airways é rentável.

“Este plano é crucial para a Iberia e o futuro da Espanha. Uma Iberia forte e rentável pode criar empregos e aumentar o turismo, um elemento chave para a retomada econômica da Espanha”, disse o diretor geral do IAG, Willie Walsh.

Além do corte de empregos, o plano de reestruturação prevê a redução de 15% da capacidade da companhia espanhola que se focalizará nas rotas mais rentáveis e deve diminuir o numero de aviões. O objetivo fixado pela companhia deve permitir a Iberia de reduzir o prejuízo até metade de 2013.

Para melhorar seus rendimentos, a Ibéria criou no começo deste ano uma filial low cost, a Iberia Express, que sofreu oposição dos sindicatos. Ontem o IAG anunciou a compra da companhia espanhola low cost, Vueling, que continua rentável apesar da crise, e foi indicada por analistas como um meio de ajudar a resolver o problema da Iberia.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI